Com a missão de apoiar a melhoria de processos das organizações mineiras, a Fumsoft lança o 13º grupo para empresas interessadas em implementar o MPS.Br. O G13 terá início, no primeiro trimestre de 2016, com o apoio do Sebrae e do MGTI, programa que pretende colocar Minas Gerais em posição de destaque no cenário nacional de TI e com visibilidade internacional até 2022. Esse movimento, criado em 2004, pela Softex, contribuiu para a evolução da qualidade do software desenvolvido no Brasil e trouxe ganhos comprovados de competitividade para a indústria nacional. Os resultados são significativos também para as 650 empresas que adotaram o modelo. Já o programa da Fumsoft, lançado em 2005, colocou Minas Gerais em segundo lugar em número de certificações, ficando atrás apenas de São Paulo. A previsão é que o estado ultrapasse 100 certificações até o final deste ano, e se aproxime de São Paulo com 120 certificações. A novidade desta edição é que a empresa além de mudar de patamar em termos de melhoria de processos de software, terá a oportunidade de adotar as melhores práticas aplicadas mundialmente nas áreas de serviços (MPS-SV e normas ISO), produtos (Certics) e dados. As organizações mineiras interessadas em participar do projeto devem entrar em contato com a Fumsoft até o início de setembro via e-mail qualidade@fumsoft.org.br ou pelos telefones (031) 3194-7658 ou 3194-7659. As vagas são limitadas e serão preenchidas de acordo com a ordem de chegada dos pedidos oficiais de participação e a disponibilização de recursos do Sebrae.

Com a missão de apoiar a melhoria de processos das organizações mineiras, a Fumsoft lança o 13º grupo para empresas interessadas em implementar o MPS.Br. O G13 terá início, no primeiro trimestre de 2016, com o apoio do Sebrae e do MGTI, programa que pretende colocar Minas Gerais em posição de destaque no cenário nacional de TI e com visibilidade internacional até 2022.

Esse movimento, criado em 2004, pela Softex, contribuiu para a evolução da qualidade do software desenvolvido no Brasil e trouxe ganhos comprovados de competitividade para a indústria nacional. Os resultados são significativos também para as 650 empresas que adotaram o modelo.

Já o programa da Fumsoft, lançado em 2005, colocou Minas Gerais em segundo lugar em número de certificações, ficando atrás apenas de São Paulo. A previsão é que o estado ultrapasse 100 certificações até o final deste ano, e se aproxime de São Paulo com 120 certificações.

A novidade desta edição é que a empresa além de mudar de patamar em termos de melhoria de processos de software, terá a oportunidade de adotar as melhores práticas aplicadas mundialmente nas áreas de serviços (MPS-SV e normas ISO), produtos (Certics) e dados.

As organizações mineiras interessadas em participar do projeto devem entrar em contato com a Fumsoft até o início de setembro via e-mail qualidade@fumsoft.org.br ou pelos telefones (031) 3194-7658 ou 3194-7659.

As vagas são limitadas e serão preenchidas de acordo com a ordem de chegada dos pedidos oficiais de participação e a disponibilização de recursos do Sebrae.

Carlos Alberto Leitão, responsável por relações institucionais na Softex, será um dos palestrantes da série de eventos programados para o Espaço Inovação CIAB 2015, uma iniciativa do Instituto de Tecnologia de Software e Serviços (ITS) para a promoção da inovação nas empresas brasileiras de pequeno e médio porte.

No dia 18 de junho, quinta-feira, das 13h30 às 14h30, ele detalhará as alternativas de capitalização disponíveis para empresas de TI, suas características, condições e vantagens, com destaque para o Programa para o Desenvolvimento na Indústria Nacional de Software e Serviços de TI (Prosoft/BNDES), voltado exclusivamente ao financiamento companhias desse setor e operações de capital de risco.

No ano passado, a área Investimentos da Softex alocou R$ 2,5 bilhões do Prosoft e auxiliou as empresas a obterem mais R$ 451,9 milhões em contratações junto ao BNDES. Já os consultores da entidade realizaram 230 atendimentos relacionadas a alternativas de financiamento.

“O volume de investimentos aportados pelo Prosoft é extremamente significativo e o programa é uma importante ferramenta de acesso ao capital, com impacto concreto no fortalecimento da indústria brasileira de software e serviços de TI”, destaca Carlos Alberto Leitão.

O CIAB 2015, o maior evento tecnológico da América Latina voltado para o segmento financeiro, será realizado de 16 a 18 de junho no Transamérica Expo Center, em São Paulo. Faça seu credenciamento antecipadamente no endereço http://www.ciab.org.br.

A participação na palestra “Alternativas de Capitalização para Empresas de TI” é gratuita. Informações adicionais pelo telefone (11) 2165-1321 ou pelo e-mail its@its.org.br

 

Carlos Alberto Leitão, responsável por relações institucionais na Softex, será um dos palestrantes da série de eventos programados para o Espaço Inovação CIAB 2015, uma iniciativa do Instituto de Tecnologia de Software e Serviços (ITS) para a promoção da inovação nas empresas brasileiras de pequeno e médio porte. No dia 18 de junho, quinta-feira, das 13h30 às 14h30, ele detalhará as alternativas de capitalização disponíveis para empresas de TI, suas características, condições e vantagens, com destaque para o Programa para o Desenvolvimento na Indústria Nacional de Software e Serviços de TI (Prosoft/BNDES), voltado exclusivamente ao financiamento companhias desse setor e operações de capital de risco. No ano passado, a área Investimentos da Softex alocou R$ 2,5 bilhões do Prosoft e auxiliou as empresas a obterem mais R$ 451,9 milhões em contratações junto ao BNDES. Já os consultores da entidade realizaram 230 atendimentos relacionadas a alternativas de financiamento. “O volume de investimentos aportados pelo Prosoft é extremamente significativo e o programa é uma importante ferramenta de acesso ao capital, com impacto concreto no fortalecimento da indústria brasileira de software e serviços de TI”, destaca Carlos Alberto Leitão. O CIAB 2015, o maior evento tecnológico da América Latina voltado para o segmento financeiro, será realizado de 16 a 18 de junho no Transamérica Expo Center, em São Paulo. Faça seu credenciamento antecipadamente no endereço http://www.ciab.org.br. A participação na palestra “Alternativas de Capitalização para Empresas de TI” é gratuita. Informações adicionais pelo telefone (11) 2165-1321 ou pelo e-mail its@its.org.br  

Carlos Alberto Leitão, responsável por relações institucionais na Softex, será um dos palestrantes da série de eventos programados para o Espaço Inovação CIAB 2015, uma iniciativa do Instituto de Tecnologia de Software e Serviços (ITS) para a promoção da inovação nas empresas brasileiras de pequeno e médio porte.

No dia 18 de junho, quinta-feira, das 13h30 às 14h30, ele detalhará as alternativas de capitalização disponíveis para empresas de TI, suas características, condições e vantagens, com destaque para o Programa para o Desenvolvimento na Indústria Nacional de Software e Serviços de TI (Prosoft/BNDES), voltado exclusivamente ao financiamento companhias desse setor e operações de capital de risco.

No ano passado, a área Investimentos da Softex alocou R$ 2,5 bilhões do Prosoft e auxiliou as empresas a obterem mais R$ 451,9 milhões em contratações junto ao BNDES. Já os consultores da entidade realizaram 230 atendimentos relacionadas a alternativas de financiamento.

“O volume de investimentos aportados pelo Prosoft é extremamente significativo e o programa é uma importante ferramenta de acesso ao capital, com impacto concreto no fortalecimento da indústria brasileira de software e serviços de TI”, destaca Carlos Alberto Leitão.

O CIAB 2015, o maior evento tecnológico da América Latina voltado para o segmento financeiro, será realizado de 16 a 18 de junho no Transamérica Expo Center, em São Paulo. Faça seu credenciamento antecipadamente no endereço http://www.ciab.org.br.

A participação na palestra “Alternativas de Capitalização para Empresas de TI” é gratuita. Informações adicionais pelo telefone (11) 2165-1321 ou pelo e-mail its@its.org.br