Atualizado em 02 de março de 2020

A Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro – Softex, coordenadora do Programa MPS.BR – Melhoria de Processo do Software Brasileiro, comunica as condições para o credenciamento de Instituições Avaliadoras (IA-MPS).

Para solicitar o seu credenciamento, a instituição deve designar pelo menos 1 (um) profissional que cumpra os requisitos de avaliador líder do MPS e, no mínimo, mais 1 (um) profissional que cumpra os requisitos de avaliador adjunto em um dos modelos MPS. Com isto, deve preencher o formulário de solicitação de credenciamento ou encaminhar este documento à Softex com dados sobre:

1.

  1. Instituição proponente
  • Demonstrar possuir uma estratégia institucional de capacitação dos avaliadores, líder e adjunto, com destaque para os processos de seleção, capacitação e manutenção da competência dos avaliadores de Software (MR-MPS-SW) e/ou de Serviços (MR-MPS-SV) e/ou de Gestão de Pessoas (MR-MPS-RH), considerando uma combinação de conhecimento, habilidades e atributos pessoais;
  • Ter um coordenador da IA que cumpra os requisitos de avaliador de Software (MR-MPS-SW) e/ou de Serviços (MR-MPS-SV) e/ou de Gestão de Pessoas (MR-MPS-RH);
  • Ter um vice-coordenador da IA que cumpra os requisitos de avaliador líder (desejável) de Software (MR-MPS-SW) e/ou de Serviços (MR-MPS-SV) e/ou de Gestão de Pessoas (MR-MPS-RH);
  1. Avaliador líder

Cumprir os requisitos de formação acadêmica, treinamento MPS e experiência profissional conforme Guia de Avaliação MPS vigente (para cada um, preencher o formulário ou encaminhar este documento, anexando Curriculum Vitae e comprovantes que demonstrem sua competência para liderar avaliações como avaliador líder inicial, intermediário ou experiente).

2.1. Habilitação do avaliador líder inicial

Um avaliador líder inicial está habilitado para liderar avaliações MPS de níveis G e F. Para o credenciamento como avaliador líder inicial, um avaliador deve cumprir os requisitos conforme Guia de Avaliação MPS vigente.

2.2. Habilitação do avaliador líder intermediário

Um avaliador líder intermediário está habilitado para liderar avaliações MPS de níveis E, D e C. Para o credenciamento como avaliador líder intermediário, um avaliador líder inicial deve cumprir os requisitos conforme Guia de Avaliação MPS vigente.

2.3. Requisitos e habilitação do avaliador líder experiente

Um avaliador líder experiente está habilitado para liderar avaliações MPS de níveis B e A. Para o credenciamento como avaliador líder experiente, um avaliador líder intermediário deve cumprir os requisitos conforme Guia de Avaliação MPS vigente.

2.4. Requisitos e habilitação do avaliador adjunto

Cumprir os requisitos conforme Guia de Avaliação MPS vigente (para cada um, preencher o formulário ou encaminhar este documento, anexando Curriculum Vitae e comprovantes que demonstrem sua competência para realizar avaliações de processo de software).

Todas as avaliações MPS serão auditadas pela ETM, por auditores previamente designados, com base na documentação da avaliação, sob supervisão do Fórum de Credenciamento e Controle (FCC) e coordenação da Softex.

A instituição proponente deve pagar à Softex uma contribuição no valor de R$ 710,00 (setecentos e dez reais) para cada solicitação que implique em análise e parecer do FCC, tais como:

  • solicitação inicial para credenciamento como IA-MPS;
  • qualquer alteração futura na equipe de avaliação da IA-MPS, seja para mudança do coordenador seja para inclusão ou exclusão de novos avaliadores, líder e adjunto.

A solicitação de credenciamento deverá ser submetida após o pagamento.

Após análise do documento e parecer favorável do FCC, a Softex assinará um Termo de Convênio com a IA-MPS para seu credenciamento por um período de 3 anos. A instituição proponente pagará, à Softex, contribuições no valor de R$ 3.550,00 (três mil, quinhentos e cinquenta reais) pela autorização para atuar como IA-MPS:

  • por um período inicial de 3 anos, a contar da data de assinatura do seu convênio com a Softex;
  • para cada período adicional de 3 anos, a contar da data da prorrogação do seu convênio com a Softex.

O pagamento das contribuições deverá ser realizado mediante pagamento por depósito em c/c à Softex.

No Termo de Convênio entre a Softex e a IA-MPS, dentre outras cláusulas, constarão as seguintes restrições:

  • A IA-MPS da organização a ser avaliada não pode ser a Instituição Implementadora MPS (II-MPS) do Modelo de Referência para Melhoria de Processo de Software (MR-MPS-SW) e/ou de Serviços (MR-MPS-SV) e/ou de Gestão de Pessoas (MR-MPS-RH) nesta organização, nem a respectiva Instituição Organizadora do Grupo de Empresas (IOGE).
  • A IA-MPS também não pode, nos últimos dois anos, ter realizado qualquer tipo de consultoria na unidade organizacional relacionada ao nível que está sendo avaliado;
  • A IA-MPS não pode ter um membro que tenha trabalhado, orientado trabalho na UO relacionado ao nível que está sendo avaliado e cujo resultado tenha sido utilizado na implementação do nível, ou ter parentesco com membros da UO;
  • Ao planejar a equipe para uma avaliação MPS, a IA-MPS deve consultar previamente a Softex sobre a lista de avaliadores adjuntos em treinamento para avaliador líder, para incluir 1 (um) deles na equipe de avaliação. Esta inclusão não trará qualquer custo para a IA-MPS nem restrições à inclusão de seus avaliadores adjuntos na equipe de avaliação;
  • Como parte da estratégia institucional para manutenção da competência dos seus avaliadores, é recomendável que os membros da IA participem anualmente do Workshop Anual do MPS (WAMPS). A não participação em pelo menos 1 (um) Workshop a cada período de credenciamento da IA ou em cursos de reciclagem considerados obrigatórios pela ETM, mesmo que justificadas, descredenciam o avaliador líder ou avaliador adjunto.
  • O coordenador da IA-MPS deve estar presente anualmente no WAMPS e na reunião de coordenadores de IA. Em situações excepcionais, pode ser representado por outro avaliador da IA-MPS, preferencialmente o vice-coordenador. O não atendimento a este compromisso é motivo de descredenciamento da IA-MPS;
  • A cada renovação de credenciamento, a IA-MPS deve enviar à Softex o relatório de atividades, com as devidas comprovações, de cada um de seus avaliadores atendendo aos requisitos para recredenciamento de avaliadores líderes e adjuntos publicados no site MPS;
  • Para ser recredenciada, uma IA-MPS deve ter realizado pelo menos uma (1) avaliação no período de credenciamento anterior;
  • Para recredenciamento um avaliador líder deve ter realizado pelo menos uma avaliação como líder ou adjunto no período de credenciamento anterior.

A instituição proponente deve submeter sua solicitação com a seguinte identificação “CREDENCIAMENTO COMO INSTITUIÇÃO AVALIADORA MPS”, por meio eletrônico para qualidade@softex.br e por correspondência registrada, aos cuidados da Área de Qualidade Softex para o endereço:

Softex – Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro

Setor de Autarquias Sul (SAUS) Quadra 1, Lote 01, Bloco M Ed Libertas/Ed. Terra Brasilis, Sala 1404, Asa Sul

CEP 70.070-010, Brasília/DF

☏ +55 61 3327 2319

VIGÊNCIA: Este COMUNICADO entra em vigor na data de sua publicação / atualização.