Softex apresentou a carreira tecnológica como opção aos jovens estudantes de Brasília

[supsystic-gallery id=17 position=center]

A Softex, pelo segundo ano consecutivo, participou da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT 2015) apresentando os programas Brasil Mais TI, maior projeto de capacitação em Tecnologia da Informação gratuito do país, e pela primeira vez, o Start-Up Brasil, que visa selecionar e apoiar empresas nascentes de base tecnológica.

Promovido simultaneamente em diversas localidades do país pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), o evento teve como proposta mobilizar a população, em especial as crianças e os jovens, em torno de temas e atividades ligadas às áreas de Ciência e Tecnologia.

Entre os dias 19 e 25 de outubro, em todos os períodos, a Softex promoveu em seu estande no Pavilhão do Parque da Cidade, em Brasília, uma série de iniciativas. Professores e alunos tiveram informações sobre os mais de 20 cursos de programação e as demais funcionalidades oferecidas pela plataforma Brasil Mais TI. Os alunos tiveram também a oportunidade de participar de dois diferentes cursos lúdicos e campeonatos: Imagine Cup da Microsoft, e Hora do Código da Fundação Lemann.

“A proposta do Brasil Mais TI é cativar o interesse dos jovens pela programação. Um levantamento realizado pela unidade de inteligência, estudos e pesquisas da Softex aponta para um déficit aproximado de 408 mil profissionais de TI em 2020. O programa tema proposta de despertar a vocação e assim estimular a entrada de novos profissionais em um setor considerado estratégico para o país”, destaca Ana Beatriz Pires, gestora do projeto na Softex.

Durante a SNCTI 2015, foram cadastrados mais de 2.000 novos estudantes na plataforma Brasil Mais TI, que iniciaram 4.560 cursos. O programa ainda conquistou mais 950 fãs em sua fanpage.

Estimulando o espírito empreendedor – Quatro startups que integram o programa Start-Up Brasil se revezaram na apresentação de suas empresas inovadoras aos estudantes que visitaram o estande da Softex. O objetivo foi estimular o espírito empreendedor dos jovens e mostrar que a abertura de um negócio próprio é uma opção possível para qualquer pessoa.

Nos dias 21 e 22, os alunos conheceram o projeto de construção do ciclo-elétrico híbrido da baiana Guell, um veículo elétrico leve de duas rodas com um inovador desenho industrial e um conjunto eletroeletrônico de baixo custo, além dos projetos de simuladores de voo da Virtual Avionics, que trabalha atualmente no desenvolvimento de um novo sistema a ser empregado tanto para fins recreativos quanto para a formação de pilotos em escolas de aviação e empresas aéreas.

Já nos dias 23 e 24, o estande foi ocupado por duas startups focadas em educação: a editora digital EvoBooks, que possui conteúdo interativo e atraente, e a Overdrive, criadora da plataforma de educação tecnológica Kubi que auxilia professores a ensinar robótica e programação através de desafios e vídeos curtos utilizando a linguagem da internet.

O Start-Up Brasil é uma iniciativa do MCTI com gestão operacional da Softex e realizado em parceria com aceleradoras. Atualmente, apoia 183 startups nacionais e internacionais, possui uma rede de 17 aceleradoras em 7 estados brasileiros e mais de 50 parceiros públicos e privados.

 

Jovens conhecem Programa Brasil Mais TI#SintonizeCiência

Durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, em Brasilia, os visitantes puderam conhecer um pouco mais sobre os cursos gratuitos oferecidos pelo Programa Brasil Mais TI.