Três grandes conquistas resumem o ano de 2019 do Instituto Gene Blumenau: 1) a graduação de duas empresas que apresentavam crescimento acelerado; 2) a certificação no modelo de gestão Cerne 2, da Anprotec, e; 3) o credenciamento do Gene para gestão do Centro de Inovação da região.
Por volta da metade de 2019, duas empresas inovadoras ligadas à incubadora blumenauense superaram estágio mais crítico para qualquer negócio e darão início a uma nova etapa. A Vis Produtora e a Need TI deixaram a incubadora e tornaram-se junto à instituição empresas graduadas. Ambas trabalham a inovação através da aplicação de novas tecnologias em mercados já existentes. A Need TI desenvolveu a ferramenta “vitrine virtual”, que auxilia profissionais de TI, departamentos de compras e órgãos públicos na obtenção de resultados online na busca de preço e estoque de produtos importados de TI no Brasil. A Vis Produtora (Grupo Vex), por sua vez, produz, cria e realiza projetos audiovisuais, além de desenvolver soluções diversificadas, como, por exemplo, o AVI, uma ferramenta de análise do fluxo e da publicidade em varejo físico.
Durante o mês de agosto foi a vez da incubadora receber reconhecimento, com a certificação referente ao segundo nível de maturidade do modelo Cerne (Centro de Referência para Apoio a Novos Empreendimentos), modelo de gestão desenvolvido pela Anprotec. A certificação ocorreu após longo período de implantação de cada uma das 23 práticas do modelo, cujo início se deu logo após a certificação no Cerne 1, no ano de 2015. Na ocasião, o Gene foi uma das primeiras instituições do Brasil a receber tal título.