Pesquisar
Close this search box.

Boardrooms são destaque na programação dos dois primeiros dias do MES Spring 2023

Os concorridos “boardrooms”, salas de negócios com a presença de dez empresas americanas pré-selecionadas para encontros com duração entre 12 e 25 minutos, foram o destaque da programação dos dois primeiros dias do Midsize Enterprise Summit Spring (MES), que ocorre até esta quarta-feira (25) na cidade de Orlando, na Flórida.

Em mais uma iniciativa do Brasil IT+, parceria da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) e da Softex, 13 empresas brasileiras estão participando do encontro em busca de oportunidades de negócios com companhias norte-americanas de médio porte, aquelas com faturamento anual entre US$ 50 milhões e US$ 2 bilhões.

Operando nos Estados Unidos há 17 anos, a Programmers, provedora de soluções em tecnologia para negócios, é uma delas. “Comparecemos ao MES desde 2007. Ao longo de todo esse período nossa preparação tem evoluído, sempre buscando levar aos participantes casos de sucesso nos quais eles possam identificar desafios semelhantes aos que enfrentam em suas companhias e destacando o que considero como nossas três chaves para o sucesso digital: produtos que mudam o jogo, software continuamente modernizado e análise acionável”, ressalta Gil Seabra, diretor de desenvolvimento de negócios da Programmers.

Com escritórios em Huston (Texas) e San Diego (Califórnia), a ZBRA é outra companhia brasileira com muita experiência no mercado norte-americano: 18 anos. “Apesar de já exportarmos nossos serviços com muito sucesso, não tínhamos realizado até agora um projeto de entrada mais sério no país. Por isso, este ano promovemos uma reestruturação e diversos investimentos para fortalecer nossa presença local e abrir novas oportunidades de mercado. Já comprovamos na prática que o nosso serviço funciona junto às grandes e médias empresas norte-americanas e, agora, chegou o momento de melhorar o nosso marketing e networking para que mais organizações possam ser impactadas pelos serviços que oferecemos e peloo excelente track-record que temos”, informa Alexandre Cunha, CEO da ZBRA.

“É a primeira vez que participamos do MES e de um evento totalmente focado na geração de negócios. Foram dois meses dedicados ao mapeamento de empresas que pudessem dar fit conosco e os contatos que realizamos até agora se mostram bastante promissores. O maior desafio para fazer uma venda para as médias empresas norte-americanas é acessar a pessoa correta. E o evento nos coloca cara a cala com elas. Iniciamos nossos primeiros movimentos de internacionalização em 2018, reforçamos essa posição em 2021 aproveitando o dólar favorável e o crescente interesse na contratação de mão de obra qualificada”, avalia JP Ros, chief growth officer da Premiersoft.

Flavio Alves, founder e CEO da Novatics, destaca a relevância do trabalho de mapeamento prévio de oportunidades realizado por meio da lista de lideranças fornecida pela organização e pondera que a venda de tecnologia por parte de uma empresa estrangeira para uma companhia norte-americana demanda comprovação de capacidade técnica, apresentação de referências do mercado e possuir um processo que se comprove capaz de aprovar o cliente. “As médias empresas têm um processo de compra mais simplificado e o feedback de outros clientes que temos aqui tem nos ajudado a ampliar nossa base local. Outro ponto importante para avaliarmos o interesse em nossos serviços é o pedido de follow-up nas próximas quatro semanas que recebemos pós-apresentação nos boardrooms”, explica.

Participaram também desses primeiros dois dias de boardrooms do MES 2023 CESAR, Kymo, Nextage.Com, Pappsales, Power Squads by Prosperi e Totaldocs.

 

plugins premium WordPress
Rolar para cima