BRASIL ENTRA NA ERA DO 5G. EM JULHO, A TECNOLOGIA PASSA A FUNCIONAR EM TODAS AS CAPITAIS BRASILEIRAS

Um ano após o leilão da tecnologia 5G, o país se prepara para implementar, até o final deste mês, um dos serviços mais importantes  da nova geração de internet voltada para dispositivos móveis com maior velocidade e consideráveis mudanças para usuários e empresas. E a capital federal será a primeira cidade, no dia 7 de julho, a receber a tecnologia.

Mas, o que realmente vai mudar no dia a dia dos usuários em geral? A velocidade de conexão é uma delas, pelo menos é a promessa que todos esperam que se concretize. Para se ter uma ideia, com a nova tecnologia será possível baixar e enviar arquivos rapidamente, reduzir o tempo de resposta entre diferentes dispositivos e obter conexões mais estáveis.  Outro destaque do 5G é que será possível acoplar vários dispositivos simultaneamente, tornando a conexão mais rápida e melhorando a qualidade dos serviços on-line.

Recentemente, a Softex – em conjunto com a Huawei – publicou os white papers “IA Brasil” e “Desenvolvimento de Talentos Pan-Indústria 5G+ Brasil”. Neste último, são abordados os desafios que o Brasil enfrentará a partir da entrada em operação dos serviços 5G em diversos setores, as competências nacionais, as necessárias atualizações da estrutura organizacional das empresas e as habilidades fundamentais para que o país possa entrar nessa nova era tecnológica. 

Para acessar o white papers clique aqui

Confira o cronograma de implementação da tecnologia 5G no Brasil:

  • 31 de julho de 2022: funcionamento em todas as capitais brasileiras (Brasília começa no dia 7 de julho
  • 31 de julho de 2025: funcionamento em cidades com mais de 500 mil habitantes;
  • 31 de julho de 2026: funcionamento em cidades com mais de 200 mil habitantes;
  • 31 de julho de 2027: funcionamento em cidades com mais de 100 mil habitantes;
  • 31 de julho de 2028: funcionamento em cidades com mais de 30 mil habitantes.