Conecta!Brasil: encontro reúne sotaques e o melhor do empreendedorismo brasileiro

Começou hoje (20) o “Conecta, Brasil!”, evento que marca o encerramento da primeira edição do programa Conecta Startup Brasil, uma ação conjunta entre o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), a Softex e o parceiro executor, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

A solenidade de abertura contou com as participações de Paulo Alvim, secretário de Empreendedorismo e Inovação do MCTI;  Ruben Delgado, presidente da Softex; Bruno Jorge, coordenador do programa de indústria 4.0 da ABDI e Alexandre Motta, coordenador técnico da COAPD/CNPq.

“Estamos encerrando um ciclo reconhecendo a importância da convergência de iniciativas, da integração e da realização de ações inovadoras para o sucesso dessas startups neste momento importante de retomada da economia. Partiremos agora para uma nova etapa com objetivos ainda mais desafiadores”, disse o secretário Paulo Alvim.

Lançado em 2019, o Conecta Startup Brasil recebeu mais de 2.900 inscrições de empreendedores e 270 de empresas. Ao longo de seus 18 meses de execução, mapeou 327 desafios de mercado, capacitou mais de 7 mil pessoas e promoveu mais de 370 horas de mentoria.

“Ficamos muito satisfeitos com os resultados do programa, executado com inteligência, eficiência e competência, o que o levou a conquistar, inclusive, o prêmio do INAP”, ressaltou Alexandre Motta, coordenador técnico da COAPD/CNPq.

Para Ruben Delgado, presidente da Softex, merece ser destacado também o esforço dos coordenadores do programa em garantir a participação de startups de todos os Estados. “Ele acabou por preencher uma lacuna ao juntar vários atores importantes e formar um arranjo de colaboração em prol de um programa único que tem um valor imenso para todo o ecossistema de inovação do Brasil”, reforçou.

Já na visão de Bruno Jorge, da ABDI, “uma grande parte do sucesso do Conecta se deve à estratégia de conexão das startups às demandas reais do mercado. Estamos aproveitando um oceano azul para fomentar o empreendedorismo e as startups que farão o futuro deste país”.

Embora não fosse uma meta,  43% das startups do programa já estão faturando e, até agora, as 25 finalistas selecionadas para a terceira fase conseguiram levantar R$ 4,3 milhões em investimentos, com participação pública e privada exatamente na mesma proporção. Mais de 600 empregos diretos foram gerados e 6 mil clientes prospectados.

“Nosso objetivo era simplesmente tirar uma ideia do papel fazendo a sua validação no mercado por meio de conexões, mas nesses dois anos conseguimos até mesmo gerar tração. Outra preocupação foi fomentar a participação das mulheres. Tivemos 689 mulheres empreendedoras interessadas em tirar sua ideia do papel. O bioma Conecta se comprovou na prática uma política hesitosa e com muitas histórias de sucesso para contar”, comemorou Rayanny Nunes, gerente de inovação da Softex, durante a apresentação dos resultados do Programa.

Transmitida em plataforma de evento virtual com tecnologia 3D, a programação incluiu neste primeiro dia uma apresentação sobre o cenário de ESG, Economia Verde e Inovação no Brasil, seguido de um painel sobre Inovação Aberta. O período da tarde foi dedicado à discussão da inovação aberta.

O “Conecta, Brasil!” prossegue nesta quarta-feira, com a palestra “Super apps e movimento de aquisição de startups por grandes empresas” e com o Demoday que reunirá as cinco startups que se destacaram em suas regiões para apresentação de seus negócios a um comitê julgador de especialistas do ecossistema de inovação nacional.

Para conferir a programação completa do “Conecta, Brasil!” e efetuar gratuitamente sua inscrição, acesse https://lnkd.in/gc4U4AK

plugins premium WordPress
Rolar para cima

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, aperfeiçoar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo.        

Gerenciar preferências de cookies

A maioria dos sites da Softex usa cookies. Cookies são pequenos arquivos de texto gravados no dispositivo para armazenar dados que serão usados posteriormente pelos servidores Web. A Softex e nossos parceiros usam cookies para lembrar suas preferências e configurações e analisar como os nossos sites estão funcionando. Para obter mais informações, consulte nosso guia de Política de Privacidade.

FuncionalAs informações coletadas por meio destes cookies são utilizadas para melhorar e personalizar a experiência do usuário, sendo que alguns cookies podem, por exemplo, ser utilizados para lembrar as preferências e escolhas do usuário, bem como para o oferecimento de conteúdo personalizado.

Google AnalyticsPermitimos que terceiros usem cookies de análise para entender como você usa nossos sites e como podemos melhorá-los. Isso também permite que terceiros possam desenvolver e aprimorar seus produtos, os quais podem ser usados em sites que não pertencem ou não são operados pela Softex. Por exemplo, eles são utilizados para coletar informações sobre as páginas que você visita e quantos cliques são necessários para realizar uma tarefa.

Mídias sociaisAssim como terceiros, usamos cookies de mídias sociais para mostrar anúncios e conteúdo com base nos perfis de redes sociais e na atividade em nossos sites. Eles são empregados para conectar sua atividade em nossos sites aos perfis de redes sociais para que os anúncios e o conteúdo visualizados em nossos sites e nas mídias sociais possam refletir melhor seus interesses.

Google AdwordsAssim como terceiros, usamos cookies de publicidade e marketing para mostrar novos anúncios após registrar os anúncios que você já viu. Eles também são utilizados para rastrear os anúncios nos quais você clica e mostrar anúncios mais relevantes para você. Por exemplo, eles são usados para detectar quando você clica em um anúncio e para mostrar anúncios com base em seus interesses nas mídias sociais e no histórico de navegação do site.

OutrosEventualmente, outros tipos de dados não previstos expressamente nesta Política de Privacidade poderão ser coletados, desde que sejam fornecidos com o consentimento do usuário, ou, ainda, que a coleta seja permitida com fundamento em outra base legal prevista em lei. Em qualquer caso, a coleta de dados e as atividades de tratamento dela decorrentes serão informadas aos usuários do site.