Eagle Care faz parte do Programa Conecta Startup Brasil, é uma iniciativa do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações – MCTI, da Associação Brasileira de Desenvolvimento Industrial – ABDI, e da Softex, que executa o programa em parceria com o CNPq.

Leia, abaixo, na íntegra a matéria publicada pelo Jornal do Comércio.

A Eagle Care, startup incubada no Parque Tecnológico São Leopoldo (Tecnosinos) está finalizando essa semana o Triagem Avançada, módulo de um aplicativo de telemedicina voltado para os setores público e privado. A expectativa é permitir o monitoramento e o atendimento on-line.
O Eagle Care – Combate ao Covid-19 foi um dos projetos selecionados no Edital Finep 03/2020, promovido pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), no final do ano passado. A iniciativa da startup conta com a parceria da Unisinos e do Tecnosinos.
Um dos focos do aplicativo é evitar aglomerações nos postos de saúde. “Nosso objetivo é que os atendimentos não parem. A teleconsulta possibilita que as pessoas continuem tendo acesso à rede de saúde, mesmo neste cenário da pandemia”, destaca o sócio da Eagle Care, Moises Lima.
Para a diretora de inovação da Unisinos e CEO do Tecnosinos, Susana Kakuta, o tempo é um fator decisivo na pandemia. Neste sentido, ela relata que a solução da Eagle Care traz uma resposta aos desafios de atendimento, especialmente na saúde pública.
O Eagle Care Saúde – Combate ao Covid-19 já conta com os serviços de agendamento de consultas, controle de medicamentos, chat-online, pré-triagem do Covid-19 (autoexame), agendamento de vacinação, renovação de receitas médicas e tele consulta, além de uma seção de dicas e orientações.
Até novembro deste ano, período estipulado no edital, serão desenvolvidas novas funcionalidades para a ferramenta, como os módulos de triagem avançada, prontuário eletrônico e monitoramento remoto.
A gestora do projeto Eagle Care Finep, Paula Rocha, explica que o plano está inserido na linha temática A do edital, que é a de serviços remotos de saúde voltados à escalabilidade do atendimento em atividades como diagnóstico, tratamento e prevenção.
“As novas funcionalidades estão sendo desenvolvidas e sintonia com municípios parceiros. Estamos em sintonia com profissionais de saúde, pois, como o projeto é voltado ao enfrentamento da pandemia, precisamos estar em contato permanente com quem atua na linha de linha de frente”, acrescenta.
A solução já está disponível em três municípios: Passo de Torres/SC, São Leopoldo e Três Cachoeiras. Os municípios que possuem interesse em utilizar o Eagle Care devem acessar o site da startup e preencher o formulário de contato.