Estudo da Softex mapeia o cenário da inovação aberta nas empresas brasileiras

Já está disponível para download gratuito as conclusões do estudo “O Panorama da Inovação Aberta nas Empresas do Brasil” elaborado pela Softex envolvendo 63 organizações de todos os portes, mercados e regiões do país.

Segundo o levantamento, as startups (67%) são o principal perfil de parceiros em ações de inovação aberta. Entre as respondentes, 88% já desenvolvem ações de open innovation, 76% vêm realizando investimentos em inovação com recursos próprios, 62,5% possuem programa de intraempreendedorismo. Foi também identificada uma crescente participação e engajamento da alta liderança na estratégia (89,3%). O levantamento constatou, ainda, que o desenvolvimento de provas de conceito é o principal modelo de relacionamento em inovação aberta com startups para 91,9% dos participantes.

O estudo aborda ainda seis tendências apontadas como as principais para inovação aberta no país nos próximos anos: o amadurecimento do corporate venture capital, a adoção da estratégia de fusões e aquisições para alavancagem de negócios, o corporate venture building como alternativa de concepção de novos negócios, maior participação em hubs de inovação, aposta nas joint ventures e em outros tipos de colaboração entre grandes organizações; e adoção de processos internos de governança e compliance para impulsionar a inovação aberta.

“Sabemos como é importante gerar informações qualificadas sobre esse tema. A partir dos aprendizados obtidos e compartilhados, conseguimos estabelecer estratégias e desenhos de operação voltados à inovação aberta de uma forma mais palpável e direcionada para melhor apoiar empresas, startups e ICTs”, explica Rayanny Nunes, líder de inovação da Softex.

O estudo foi realizado com o apoio da Accenture, Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (ANPEI), FIEMG Lab, Open Innovation Brasil, Hélice, Angel Investor Club, BR Angels, Inno Science, ACE, ADVBRS, Carlos Pinto Advocacia Estratégica, Uplab e Semente Negócios. Clique aqui baixar o conteúdo completo.