Segunda edição do Softex Experience reuniu ecossistema de inovação na Capital Federal

Por Karen Kornilovicz, repórter Softex

A Softex realizou em Brasília (DF), no último dia 23 de novembro, a segunda edição do “Softex Experience”, um dos maiores encontros de inovação do país.  Por meio de experiências imersivas e conversas com especialistas, a proposta dessa edição foi a de apresentar oportunidades de negócios para empresas, startups, aceleradoras e instituições de ciência e de tecnologia de todo o Brasil.

O evento também marcou o encerramento do Programa DF Inovador, realizado pela Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAPDF) e executado pela Softex. Lançado no ao passado como parte das celebrações dos 61 anos da Capital Federal, o DF Inovador promoveu, ao longo dos últimos 18 meses, a inovação e a transformação digital de empresas e organizações do Distrito Federal e da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (RIDE), além de desenvolver talentos conectados à nova economia digital.

No Softex Experience 2 foram destacados dois casos de sucesso do DF Inovador. O primeiro envolveu a Companhia de Saneamento Brasileira do Distrito Federal (CAESB), que se conectou à startup S.E.R.A. GAMES STUDIO em busca de soluções em formato de jogos digitais para conscientização do público da CAESB sobre a importância da proteção e preservação das Áreas de Preservação de Mananciais (APMs).

O segundo foi com a 4 Hábitos, startup que usa inteligência aplicada ao descarte e reaproveitamento de resíduos, e a empresa Mr. Brownie, que teve por objetivo reduzir o impacto ambiental da indústria por meio de uma gestão sustentável dos resíduos com destinação correta dos mesmos para reciclagem, compostagem e coprocessamento.

Na oportunidade, o Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo Alvim anunciou o lançamento da segunda edição do programa Conecta Startup Brasil, que contará com R$ 4 milhões em recursos para fomento de startups em estágio inicial sem comprometimento de participação societária (equity free).

“As startups são prioridades para o Governo Federal, e a 2ª edição do Softex Experience é o caminho que levará ao avanço das startups no país”, afirmou o ministro.

Segundo o presidente da Softex, Ruben Delgado, o Conecta Startup Brasil é fundamental para que os novos negócios apareçam e ganhem destaque no mercado de inovações. “Quando você consegue reunir startups, ICTs e aceleradoras em um mesmo ambiente, naturalmente já nascem ideias, soluções e acordos, ainda mais quando se tem o ministério, as agências, todos reunidos e falando a mesma língua”, ressaltou.

Para o gerente da unidade de difusão de tecnologias da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Bruno Jorge Soares, o aprendizado com o Conecta Startup Brasil possibilitou uma melhor interação com as empresas, gerando resultados positivos. “O processo de consolidação das políticas está coordenado e alinhado com todos os entes e parceiros que apoiam o ecossistema,” apontou. “Com isso, teremos um mercado com empreendedores com foco em suas demandas e assim criem produtos e soluções tecnológicas que atendam às necessidades da sociedade”.

A pauta do Softex Experience também discutiu a inovação além da POC, estratégias de sucesso e boas práticas no relacionamento com startups early stage, tendências para o futuro, a internacionalização como estratégia de crescimento e innovation skills para cenários dinâmicos.