Encontro abordará ainda o programa de preparação para vendas em canais em mercados internacionais de TI, entre outros temas ligados à internacionalização

São Paulo, 3 de fevereiro de 2015 – No próximo dia 10 de fevereiro, a Softex, em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), promoverá na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) mais uma edição do Export Day.

Após a abertura, a ser realizada por Ney Leal, vice-presidente executivo da Softex, será apresentado o Programa de Preparação para Vendas em Canais em Mercados Internacionais de TI. O programa, que tem por objetivo auxiliar as companhias brasileiras de software e serviços de TI a se prepararem para exportar.

Em sua fase piloto o programa atuará no sentido de estruturar e de ampliar a comercialização de suas soluções através de canais de vendas tanto no Brasil como no exterior. Os benefícios incluem ciclos de consultorias para o desenvolvimento de estratégias e ações para a seleção, recrutamento e gestão dos canais de vendas e distribuição. Dagoberto Hajjar, CEO da Advance Consulting, detalhará o programa.

A pauta do Export Day inclui ainda a apresentação da primeira edição do Pocket Guide de Exportações de TI – O ambiente legal brasileiro, elaborado pela Softex com apoio da Apex-Brasil e da Drummond, escritório de advocacia especializado no estabelecimento de operações de empresas nos Estados Unidos e no Brasil. Pedro Drummond e Cristina Teixeira, sócios da Drummond, analisarão as implicações tributárias da exportação e da internacionalização, abordando ainda as estratégias de gestão das receitas ou dos dividendos vindos do exterior.

No ano passado, a área Internacional da Softex implementou 32 ações voltadas à promoção das exportações. Nos últimos nove anos, esse programa colaborou para um incremento superior a US$ 1,3 bilhão em vendas para o exterior, contribuindo para a geração de empregos especializados e agregando valor à pauta de exportação nacional. Nesse período, o número de empresas exportadoras evoluiu de 25 para mais de 145 e hoje, de cada US$ 4,00 exportados em TI, US$ 1,00 é gerado por programas desenvolvidos pela Softex.

Integra a programação do encontro uma apresentação do calendário de ações internacionais que serão realizadas pela entidade ao longo deste ano, a ser feita por Guilherme Amorim, Gestor do Projeto Setorial Softex.

Desde 2005 a Softex desenvolve, em parceria com a Apex-Brasil e com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), o programa de internacionalização competitiva de software e serviços de TI. Seu objetivo é fomentar novas oportunidades de negócios no mercado internacional e fortalecer a imagem de competência da indústria nacional de software e serviços de TI, identificada no exterior pela marca Brasil IT+.

As inscrições, gratuitas, devem ser realizadas antecipadamente no endereço http://www.softex.br/internacional/export-day/. Informações adicionais pelo telefone (61) 3327-2319.

Export Day 2015
Data:
10 de fevereiro – Horário: das 14h00 às 18h00

Local: FIESP – Av. Paulista, 1313 – 4 andar – São Paulo

Encontro abordará ainda o programa de preparação para vendas em canais em mercados internacionais de TI, entre outros temas ligados à internacionalização

São Paulo, 3 de fevereiro de 2015 – No próximo dia 10 de fevereiro, a Softex, em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), promoverá na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) mais uma edição do Export Day.

Após a abertura, a ser realizada por Ney Leal, vice-presidente executivo da Softex, será apresentado o Programa de Preparação para Vendas em Canais em Mercados Internacionais de TI. O programa, que tem por objetivo auxiliar as companhias brasileiras de software e serviços de TI a se prepararem para exportar.

Em sua fase piloto o programa atuará no sentido de estruturar e de ampliar a comercialização de suas soluções através de canais de vendas tanto no Brasil como no exterior. Os benefícios incluem ciclos de consultorias para o desenvolvimento de estratégias e ações para a seleção, recrutamento e gestão dos canais de vendas e distribuição. Dagoberto Hajjar, CEO da Advance Consulting, detalhará o programa.

A pauta do Export Day inclui ainda a apresentação da primeira edição do Pocket Guide de Exportações de TI – O ambiente legal brasileiro, elaborado pela Softex com apoio da Apex-Brasil e da Drummond, escritório de advocacia especializado no estabelecimento de operações de empresas nos Estados Unidos e no Brasil. Pedro Drummond e Cristina Teixeira, sócios da Drummond, analisarão as implicações tributárias da exportação e da internacionalização, abordando ainda as estratégias de gestão das receitas ou dos dividendos vindos do exterior.

No ano passado, a área Internacional da Softex implementou 32 ações voltadas à promoção das exportações. Nos últimos nove anos, esse programa colaborou para um incremento superior a US$ 1,3 bilhão em vendas para o exterior, contribuindo para a geração de empregos especializados e agregando valor à pauta de exportação nacional. Nesse período, o número de empresas exportadoras evoluiu de 25 para mais de 145 e hoje, de cada US$ 4,00 exportados em TI, US$ 1,00 é gerado por programas desenvolvidos pela Softex.

Integra a programação do encontro uma apresentação do calendário de ações internacionais que serão realizadas pela entidade ao longo deste ano, a ser feita por Guilherme Amorim, Gestor do Projeto Setorial Softex.

Desde 2005 a Softex desenvolve, em parceria com a Apex-Brasil e com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), o programa de internacionalização competitiva de software e serviços de TI. Seu objetivo é fomentar novas oportunidades de negócios no mercado internacional e fortalecer a imagem de competência da indústria nacional de software e serviços de TI, identificada no exterior pela marca Brasil IT+.

As inscrições, gratuitas, devem ser realizadas antecipadamente no endereço http://www.softex.br/internacional/export-day/. Informações adicionais pelo telefone (61) 3327-2319.

Export Day 2015
Data:
10 de fevereiro – Horário: das 14h00 às 18h00

Local: FIESP – Av. Paulista, 1313 – 4 andar – São Paulo

Encontro abordará ainda o programa de preparação para vendas em canais em mercados internacionais de TI, entre outros temas ligados à internacionalização São Paulo, 3 de fevereiro de 2015 – No próximo dia 10 de fevereiro, a Softex, em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), promoverá na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) mais uma edição do Export Day. Após a abertura, a ser realizada por Ney Leal, vice-presidente executivo da Softex, será apresentado o Programa de Preparação para Vendas em Canais em Mercados Internacionais de TI. O programa, que tem por objetivo auxiliar as companhias brasileiras de software e serviços de TI a se prepararem para exportar. Em sua fase piloto o programa atuará no sentido de estruturar e de ampliar a comercialização de suas soluções através de canais de vendas tanto no Brasil como no exterior. Os benefícios incluem ciclos de consultorias para o desenvolvimento de estratégias e ações para a seleção, recrutamento e gestão dos canais de vendas e distribuição. Dagoberto Hajjar, CEO da Advance Consulting, detalhará o programa. A pauta do Export Day inclui ainda a apresentação da primeira edição do Pocket Guide de Exportações de TI – O ambiente legal brasileiro, elaborado pela Softex com apoio da Apex-Brasil e da Drummond, escritório de advocacia especializado no estabelecimento de operações de empresas nos Estados Unidos e no Brasil. Pedro Drummond e Cristina Teixeira, sócios da Drummond, analisarão as implicações tributárias da exportação e da internacionalização, abordando ainda as estratégias de gestão das receitas ou dos dividendos vindos do exterior. No ano passado, a área Internacional da Softex implementou 32 ações voltadas à promoção das exportações. Nos últimos nove anos, esse programa colaborou para um incremento superior a US$ 1,3 bilhão em vendas para o exterior, contribuindo para a geração de empregos especializados e agregando valor à pauta de exportação nacional. Nesse período, o número de empresas exportadoras evoluiu de 25 para mais de 145 e hoje, de cada US$ 4,00 exportados em TI, US$ 1,00 é gerado por programas desenvolvidos pela Softex. Integra a programação do encontro uma apresentação do calendário de ações internacionais que serão realizadas pela entidade ao longo deste ano, a ser feita por Guilherme Amorim, Gestor do Projeto Setorial Softex. Desde 2005 a Softex desenvolve, em parceria com a Apex-Brasil e com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), o programa de internacionalização competitiva de software e serviços de TI. Seu objetivo é fomentar novas oportunidades de negócios no mercado internacional e fortalecer a imagem de competência da indústria nacional de software e serviços de TI, identificada no exterior pela marca Brasil IT+. As inscrições, gratuitas, devem ser realizadas antecipadamente no endereço http://www.softex.br/internacional/export-day/. Informações adicionais pelo telefone (61) 3327-2319. Export Day 2015 Data: 10 de fevereiro – Horário: das 14h00 às 18h00 Local: FIESP – Av. Paulista, 1313 – 4 andar – São Paulo

Curso de Introdução ao MPS-Serviços (C1-MPS-SV) (IN COMPANY) em São Paulo/SP
Data: 05 e 06 de Fevereiro de 2015 (5ª e 6ª)
Horário: 08h30 às 18h00
Duração: 16 horas
Local: PRODAM – Avenida Francisco Matarazzo, 1500, Edíficio Los Angeles 1° andar – Água Branca
Instrutora: Ana Cecília Peixoto Zabeu

Pré-requisito: Não há pré-requisito para inscrição neste curso. Mas, este curso é pré-requisito para:
• participação como representante da sua empresa na equipe de avaliação oficial do MPS-SV:
Contudo, o curso não é restrito a este público, sendo recomendado também para estores, coordenadores de trabalhos de melhoria e público em geral, que queiram conhecer e discutir o modelo.
• inscrições futuras em Cursos de Implementação MPS-Serviços (C2-MPS-SV), Prova de Implementação MPS-Serviços (P2-MPS-SV), Cursos de Avaliação MPS (C3-MPS) e Prova de Avaliação MPS-Serviços P3-MPS-SV).

– Investimento: R$ 800,00 (oitocentos reais)

– Não emissão de notas fiscais: a Softex não emite notas fiscais. O Curso em questão, com recibo enviado, não deve ter retenção na fonte de tributos, conforme lei federal complementar 116/03, artigo 3º, inciso I a XXII. Para ler a declaração completa favor clique no link a seguir: Declaração.

CONFIRA AS REGRAS COMPLETAS DO COMUNICADO: C1-Serviços_São-Paulo-SP_05-e-06.fev.15.pdf

Contato:
SOCIEDADE SOFTEX
Rafael Barreto
mpsbr@nac.softex.br
Tel.: (19) 3731-7051

Curso de Introdução ao MPS-Software (C1-MPS-SW) (IN –COMPANY) em Manaus/AM
Data: 10 e 11 de fevereiro de 2015 (3ª e 4ª)
Horário: 08h30 às 17h30
Duração: 16 horas
Local: FUCAPI
Instrutor: Ricardo Barros Sampaio

Pré-requisito: Não há pré-requisito para inscrição neste curso. Mas, este curso é pré-requisito para:
• participação como representante da empresa na equipe de avaliação oficial MPS-SW;
• inscrições futuras em Cursos de Implementação MPS-Software (C2-MPS-SW), Prova de Implementação MPS-Software (P2-MPS-SW), Cursos de Avaliação MPS (C3-MPS) e Prova de Avaliação MPS-Software (P3-MPS-SW).

– Investimento: R$ 800,00 (oitocentos reais)

– Não emissão de notas fiscais: a Softex não emite notas fiscais. O Curso em questão, com recibo enviado, não deve ter retenção na fonte de tributos, conforme lei federal complementar 116/03, artigo 3º, inciso I a XXII. Para ler a declaração completa favor clique no link a seguir: Declaração.

CONFIRA AS REGRAS COMPLETAS DO COMUNICADO: C1-Software_Manaus_10-e-11.fev.15.pdf

Contato:
SOCIEDADE SOFTEX
Rafael Barreto
mpsbr@nac.softex.br
Tel.: (19) 3731-7051

Curso de Introdução ao MPS-Serviços (C1-MPS-SV) (IN COMPANY) em São Paulo/SP
Data: 05 e 06 de Fevereiro de 2015 (5ª e 6ª)
Horário: 08h30 às 18h00
Duração: 16 horas
Local: PRODAM – Avenida Francisco Matarazzo, 1500, Edíficio Los Angeles 1° andar – Água Branca
Instrutora: Ana Cecília Peixoto Zabeu

Pré-requisito: Não há pré-requisito para inscrição neste curso. Mas, este curso é pré-requisito para:
• participação como representante da sua empresa na equipe de avaliação oficial do MPS-SV:
Contudo, o curso não é restrito a este público, sendo recomendado também para estores, coordenadores de trabalhos de melhoria e público em geral, que queiram conhecer e discutir o modelo.
• inscrições futuras em Cursos de Implementação MPS-Serviços (C2-MPS-SV), Prova de Implementação MPS-Serviços (P2-MPS-SV), Cursos de Avaliação MPS (C3-MPS) e Prova de Avaliação MPS-Serviços P3-MPS-SV).

– Investimento: R$ 800,00 (oitocentos reais)

– Não emissão de notas fiscais: a Softex não emite notas fiscais. O Curso em questão, com recibo enviado, não deve ter retenção na fonte de tributos, conforme lei federal complementar 116/03, artigo 3º, inciso I a XXII. Para ler a declaração completa favor clique no link a seguir: Declaração.

CONFIRA AS REGRAS COMPLETAS DO COMUNICADO: C1-Serviços_São-Paulo-SP_05-e-06.fev.15.pdf

Contato:
SOCIEDADE SOFTEX
Rafael Barreto
mpsbr@nac.softex.br
Tel.: (19) 3731-7051