São Paulo recebeu na tarde desta quarta-feira  (27), o Demo Day da Turma 5 do Programa StartUp Brasil, iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) com gestão operacional da Softex, em parceria com aceleradoras.

O evento contou com o pitch de seis startups selecionadas da Turma 5 – Autenticco, Meerkat, Saipos, Wari, Zeeng e iTeleport – que apresentaram soluções para a gestão de eventos, gestão de apps de delivery para restaurantes, vivências virtuais e visão computacional, entre outras.

Subiram ao palco do Demo Day da Turma 5 Otávio Caixeta, diretor de Ecossistemas Inovadores da Secretaria de Inovações e Comunicações do MCTIC; Diônes Lima, vice-presidente da Softex; Franklin Ribeiro, Head de Startups Ecosystem da Investe SP; e o Dr. Chris Moore, especialista em tecnologia e inovação do Department of International Trade (DIT-UK). Entre os destaques do público, Marc Penzel, Founder e COO do Startup Genome; Hayo Cohen, founder da Israel Tech Hub, e representantes de grandes empresas como L’oreal, Makro Atacadista, Vale, Arcelor Mittal, além de representantes de comunidades como a Jaraqui Valley e o Porto Digital de Recife.

Responsável por apresentar o balanço do Programa, Otávio Caixeta lembrou o pioneirismo do Startup Brasil na estruturação de um ecossistema de inovação no país, anunciou a entrada em operação no início de 2020 do Startup Point, portal único de acesso reunindo as políticas do governo para apoio às startups e a importância da criação do Marco legal das startups, que deverá reduzir os entraves que dificultam a vida do empreendedor.

“O Startup Brasil é uma bem-sucedida parceria público privada focada no fomento do empreendedorismo digital. Recebemos um total de 3.315 inscrições em todas as chamadas, apoiamos 229 startups e criamos mais de 2.800 postos de trabalho. Das 229 aceleradas pelo programa, 49 já registram um faturamento anual superior a R$ 1 milhão”, destacou o diretor de Ecossistemas Inovadores da Secretaria de Inovações e Comunicações do MCTIC.

Caixeta informou ainda que as startups da Turma 5 receberam R$ 8.454.500,00 de investimento público e, em contrapartida, captaram em apenas 15 meses de programa R$ 1,98 milhão com suas aceleradoras e R$ 8,35 milhões de fundos de investimentos variados – nacionais, internacionais, anjos, entre outros.

A programação do Demo Day inclui também uma apresentação de Chris Moore, especialista em tecnologia e inovação do Department of International Trade (DIT-UK), sobre as oportunidades para a internacionalização de startups no Reino Unido.

“Estamos falando do maior celeiro de criação de empresas unicórnio da Europa e que reúne mais de 1.000 workplaces – 300 apenas em Londres; 30 clusters digitais, 150 incubadoras e 180 aceleradoras”, destacou Moore, acrescentando que o Reino Unido oferece uma série de programas de incentivo para a realização de projetos de desenvolvimento, P&D e inovação.

Para Diônes Lima, vice-presidente da Softex, o cenário para as startups é positivo tanto em termos de incentivos como de acesso a investimentos. “Criamos o grupo forte de startups de porte global. Encerramos um ciclo com o Demo Day, mas elas continuarão a integrar o portfólio do programa e a ter acesso aos benefícios e ao rol de parcerias firmadas”, explicou Diônes Lima, vice-presidente da Softex.

Ao longo do último ano, as 46 empresas integrantes da Turma 5 e provenientes de 14 Estados, trabalharam em parceria com 13 aceleradoras previamente qualificadas: ACE (São Paulo), Acelera Cimatec (Bahia), Acelera MGTI (Minas Gerais), Baita (São Paulo), Cesar.Labs (Pernambuco), FabriQ (Amazonas), Jump Brasil (Pernambuco), Outsource Brasil (Rio de Janeiro), Techmall (Minas Gerais), Ventiur (Rio Grande do Sul), Wave (Ceará), Wayra (São Paulo) e Wow (Rio Grande do Sul).

O grupo é composto de startups de segmentos variados entre eles, saúde, TI/Telecom, educação, finanças, varejo, agronegócio, energia, logística e transporte, mídia e comunicação, segurança e defesa, automotivo, eventos e turismo, moda e beleza.

Lançado em 2012, o Startup Brasil apoia empresas nascentes nacionais e internacionais com até quatro anos de existência e que desenvolvam produtos/serviços inovadores utilizando software, hardware ou serviços de TI. O programa já executou cinco ciclos de aceleração – de 2013 a 2019 – apoiando 229 startups nas cinco turmas, oriundas de 19 estados e 13 países.

Prezados (as),

Reforçamos o convite para 69ª Reunião do Conselho de Administração da Softex, com nova data agendada para o dia 10/12/2019 das 12h às 13h30, no Restaurante Le Jardin du Golf em Brasília – DF. Na ocasião será oferecido almoço aos convidados. 

Endereço do restaurante:  Le Jardin du Golf – Setor de Clubes Esportivos Sul trecho 2, Clube de Golf – Lote 17, Brasília – DF.

Convite 69ª Reunião do Conselho de Administração da Softex

Solicitamos que confirmem presença através do e-mail nathalia@softex.br 

Atenciosamente,
Ruben Delgado – Presidente da Softex

Evento marca parcerias sólidas no ecossistema. Programação inclui matchmaking para investidores, parceiros e clientes potenciais

São Paulo receberá na próxima quarta-feira (27), das 14h00 às 20h00, o Demo Day da Turma 5 do Programa Startup Brasil, iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), com gestão operacional da Softex, execução do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e parceria com aceleradoras.

Realizado com o apoio o Department of International Trade (DIT-UK), da Investe São Paulo, da SP Negócios e da Prefeitura de São Paulo, o Demo Day integra a programação oficial da São Paulo Tech Week 2019, a maior semana de inovação e tecnologia da América Latina.

Além do balanço, a programação do Demo Day inclui a apresentação para investidores de seis startups com maior grau de desenvolvimento: Autenticco, Meerkat, Saipos, Wari, Zeeng e iTeleport. Na oportunidade, outras 30 participantes do programa estarão reunidas em um espaço de matchmaking voltado para investidores, empresas e parceiros. Também será promovida uma mesa redonda sobre internacionalização de startups.

Participarão do Demo Day da Turma 5, entre outros especialistas, Franklin Ribeiro, Head de Startups Ecosystem da Investe SP; Marc Penzel, Founder e COO do Startup Genome; e Chris Moore, especialista em tecnologia e inovação do Department of International Trade (DIT-UK), além de representantes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Consulado Britânico, BASF, ArcelorMittal, Makro, Sicoob e PhDSoft.

Para Otávio Caixeta, diretor de Ecossistemas Inovadores da Secretaria de Inovações e Comunicações do MCTIC, após meses de aceleração, os esforços das startups culminam no Demo Day. “Nessa sessão de negócios surgem muitas das oportunidades de investimento que nos trouxeram ótimas estatísticas: para cada R$ 1,00 investido pelo governo, o setor privado aporta cerca de R$ 8,00 nas startups do programa. E esses recursos são reinvestidos para gerar mais inovação e dinamizar nosso ecossistema”, explica.

“Esse é um momento muito importante pois, além de marcar o final do processo de aceleração da Turma 5, o Demo Day também contribui para fomentar o ecossistema de inovação do país ao conectar as startups aceleradas, investidores, parceiros e empresas para a prospecção de novos negócios e aportes de capital. Elas continuarão a integrar o portfólio do programa e a ter acesso aos benefícios e ao rol de parcerias firmadas”, destaca Diônes Lima, vice-presidente da Softex.

As startups da Turma 5 receberam R$ 8.454.500,00 de investimento público e, em contrapartida, captaram em apenas 15 meses de programa R$ 1,98 milhão com suas aceleradoras e R$ 8,35 milhões de fundos de investimentos variados – nacionais, internacionais, anjos, entre outros. Elas empregam 362 pessoas e registraram – entre setembro de 2018 e agosto de 2019 – um faturamento total de R$ 8,9 milhões.

Lançado em 2012, o Startup Brasil apoia empresas nascentes nacionais e internacionais com até quatro anos de existência e que desenvolvam produtos/serviços inovadores utilizando software, hardware ou serviços de TI.

O programa já executou cinco ciclos de aceleração – de 2013 a 2019 – apoiando 229 startups nas cinco turmas, oriundas de 19 estados e 13 países.

Perfil Turma 5

Ao longo do último ano, as 46 empresas integrantes da Turma 5 e provenientes de 14 Estados, trabalharam em parceria com 13 aceleradoras previamente qualificadas: ACE (São Paulo), Acelera Cimatec (Bahia), Acelera MGTI (Minas Gerais), Baita (São Paulo), Cesar.Labs (Pernambuco), FabriQ (Amazonas), Jump Brasil (Pernambuco), Outsource Brasil (Rio de Janeiro), Techmall (Minas Gerais), Ventiur (Rio Grande do Sul), Wave (Ceará), Wayra (São Paulo) e Wow (Rio Grande do Sul).

O grupo é composto de startups de segmentos variados entre eles, saúde, TI/Telecom, educação, finanças, varejo, agronegócio, energia, logística e transporte, mídia e comunicação, segurança e defesa, automotivo, eventos e turismo, moda e beleza.

Elas trabalharão para solucionar um dos 237 desafios reais mapeados pelas 50 empresas que aderiram ao Programa em agosto

O Conecta Startup Brasil acaba de divulgar o resultado das 100 equipes empreendedoras e startups em estágio inicial (early stage) de todo o país pré-selecionadas para participar do Programa. Os projetos poderão receber até R$ 200 mil em aportes.

Resultado de uma ação conjunta entre o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), a Softex e o parceiro executor, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o Conecta Startup Brasil se destaca por apoiar startups e empreendedores em estágio inicial localizados em todas as regiões do país.

“O grande diferencial do programa é que esses empreendedores terão a chance de desenvolver soluções inovadoras para demandas reais das empresas, ao mesmo tempo em que se prepararão para os desafios do mercado”, explica Paulo Alvim, secretário de Empreendedorismo e Inovação do MCTIC.

 “As equipes selecionadas terão oportunidade de testar suas habilidades e desenvolver o caráter empreendedor de seus futuros negócios. Essa oportunidade, oferecida pelo programa Conecta Startup Brasil, é fundamental para estimular o ambiente de inovação no país”, afirma o presidente da ABDI, Igor Calvet.  

Diônes Lima, vice-presidente da Softex, destaca que nesse projeto a principal preocupação foi expandir a cultura empreendedora para todas as regiões do país. “Por isso, foram selecionadas pela banca examinadora 100 equipes, totalizando 386 empreendedores, sendo 20 times de cada região. O Conecta Startup Brasil é um programa de abrangência nacional, mas com atividades regionalizadas que visam aumentar a densidade do ecossistema de inovação”, pondera.

As equipes trabalharão para solucionar um dos 237 desafios reais mapeados pelas 50 empresas que aderiram ao Programa em agosto, entre as quais estão 3M, Grupo Boticário, Natura, Usiminas, Votorantim Cimentos, Johnson & Johnson, Fiat e BASF.

Das 1.877 equipes empreendedoras e startupsinscritas, temos 2. 908 empreendedores dos quais 31,6% são mulheres e 68,4% homens.  Desse total, 38,1% têm curso superior completo ou pós-graduação, 9,8% são mestres, 25,6% não concluíram o curso superior e 26,5% possuem outras opções de formação.

Já em relação à participação por região, 27,8% dos inscritos são do Sudeste, 26,3% do Nordeste, 19,5% do Sul, 14,4% do Norte e 12% do Centro-Oeste. Na divisão pelo maior número de inscritos, São Paulo lidera com 190, seguido pelo Rio de Janeiro (127), Santa Catarina (119), Paraná (118) e Rio Grande do Sul (111).

Para conhecer a relação preliminar das 100 equipes empreendedoras e startups pré-selecionadas acesse https://conectastartupbrasil.org.br/edital/.

Senhoras e Senhores Conselheiros,

A 69ª Reunião do Conselho de Administração da Softex foi reagendada para o dia 12/12/2019 e será realizada em Brasília/DF (endereço a confirmar). O início da reunião está previsto para às 11h e será oferecido almoço aos convidados. 

Enviaremos em breve a pauta da reunião e solicitamos que confirmem presença com antecedência através do e-mail nathalia@softex.br

Atenciosamente,
Ruben Delgado – Presidente da Softex     

Aberta a chamada para interessados a apresentarem propostas nos termos estabelecidos para seleção de candidatos, no âmbito do Programa Inova Maranhão  para  “Estudo de Competitividade e Inovação no Estado do Maranhão”.

Acesse a chamada em: https://softex.br/download/carta-convite-055-2019-trf-1719-2019/