MCTI propõe pacto nacional pelo letramento e capacitação digital da população

Expandir a conectividade e promover a inclusão digital. Esses foram os pontos abordados pela ministra Luciana Santos, durante o seminário “Conectividade Universal e Significativa: O Poder do Digital Transformando o Brasil” ocorrido na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF), no dia 21 de novembro.

Segundo a ministra, a inclusão digital é uma política pública estruturante para o projeto nacional de desenvolvimento. Não se pode pensar em enfrentar a desigualdade na era digital sem garantir conexão para o aprendizado e capacitação de milhares de brasileiros.

Na ocasião, a ministra destacou algumas iniciativas do MCTI, entre ela o programa Conecta e Capacita, programa que prevê a implantação de infraestrutura óptica para expandir o acesso e qualidade da internet nas atividades de educação e pesquisa.

Ainda, durante o seminário, ela revelou que até 2025, o Brasil terá um déficit de 530 mil profissionais para atuar no setor de Tecnologia e Informação e da Comunicação (TICs).

Com o intuito de ultrapassar esse déficit, Luciana Santos citou outros projetos do MCTI,  que contam a participação maciça da Softex, com destaque para o letramento digital, coordenado pela Softex e lançado em 2021, que tem como premissa  que empresas invistam em projetos prioritários da Lei de Informática voltados  à capacitação de jovens em habilidades que formam a sigla, em inglês, STEM: Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática. O projeto piloto tem sede no Paraná, em parceria com o Estado, e a meta  é capacitar 2 mil estudantes em 20 escolas, além da capacitar centenas de professores e monitores.

A ministra citou também o Hackers do Bem, programa coordenado pela Softex, com recursos da Lei de TICs. Nesse programa foram disponibilizados ao todo R$ 32,6 milhões. A meta do Hackers é formar mais de 30 mil pessoas até 2025 em diferentes níveis: básico, avançado, especializado e residência tecnológica em laboratórios; e o Residência em TIC, iniciativa do MCTI e Softex, no âmbito do programa MCTI Futuro.

O principal objetivo do Residência em TIC, com investimentos que giram em torno de R$ 730 milhões,  é disseminar e democratizar a tecnologia, ao mesmo tempo em que estimula a cultura da inovação no Brasil, com o intuito de gerar soluções inovadoras para o aprimoramento do cotidiano nacional.

A Softex, nesses quase 27 anos, desenvolve ações focadas em iniciativas de fomento à inovação, à educação, ao empreendedorismo, com abrangência nacional e internacional. Por meio de parcerias com atores, a exemplo do Ministério da Ciência e Tecnologia, que acreditam na transformação digital para todos. A Softex, além de  fortalecer relações, cria conexões e programas que ampliam a competitividade das empresas brasileiras.

Mais informações sobre as ações e programas da Softex acesse: https://softex.br/

Por Fabrício Lourenço
Repórter Softex

Com informações Imprensa MCTI

plugins premium WordPress
Rolar para cima

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, aperfeiçoar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo.        

Gerenciar preferências de cookies

A maioria dos sites da Softex usa cookies. Cookies são pequenos arquivos de texto gravados no dispositivo para armazenar dados que serão usados posteriormente pelos servidores Web. A Softex e nossos parceiros usam cookies para lembrar suas preferências e configurações e analisar como os nossos sites estão funcionando. Para obter mais informações, consulte nosso guia de Política de Privacidade.

FuncionalAs informações coletadas por meio destes cookies são utilizadas para melhorar e personalizar a experiência do usuário, sendo que alguns cookies podem, por exemplo, ser utilizados para lembrar as preferências e escolhas do usuário, bem como para o oferecimento de conteúdo personalizado.

Google AnalyticsPermitimos que terceiros usem cookies de análise para entender como você usa nossos sites e como podemos melhorá-los. Isso também permite que terceiros possam desenvolver e aprimorar seus produtos, os quais podem ser usados em sites que não pertencem ou não são operados pela Softex. Por exemplo, eles são utilizados para coletar informações sobre as páginas que você visita e quantos cliques são necessários para realizar uma tarefa.

Mídias sociaisAssim como terceiros, usamos cookies de mídias sociais para mostrar anúncios e conteúdo com base nos perfis de redes sociais e na atividade em nossos sites. Eles são empregados para conectar sua atividade em nossos sites aos perfis de redes sociais para que os anúncios e o conteúdo visualizados em nossos sites e nas mídias sociais possam refletir melhor seus interesses.

Google AdwordsAssim como terceiros, usamos cookies de publicidade e marketing para mostrar novos anúncios após registrar os anúncios que você já viu. Eles também são utilizados para rastrear os anúncios nos quais você clica e mostrar anúncios mais relevantes para você. Por exemplo, eles são usados para detectar quando você clica em um anúncio e para mostrar anúncios com base em seus interesses nas mídias sociais e no histórico de navegação do site.

OutrosEventualmente, outros tipos de dados não previstos expressamente nesta Política de Privacidade poderão ser coletados, desde que sejam fornecidos com o consentimento do usuário, ou, ainda, que a coleta seja permitida com fundamento em outra base legal prevista em lei. Em qualquer caso, a coleta de dados e as atividades de tratamento dela decorrentes serão informadas aos usuários do site.