Serviços de TI: IDC prevê crescimento constante nos próximos 5 anos

Os próximos cinco anos prometem ser muito promissores para o setor de serviços de TI. É o que aponta o relatório Worldwide Semiannual Services Tracker da IDC, que afirma: mercado continuará a se expandir a uma taxa de 4-5% ao ano.

Neste ciclo de previsão, os analistas de serviços da IDC analisaram impactos de curto prazo, como demanda reprimida e o conflito Ucrânia/Rússia, bem como outros mais estruturais, como adoção de nuvem pública, escassez de talentos e inflação.

Para 2022, a receita mundial de serviços de TI e negócios deverá crescer 5,6% (em moeda constante). Esse valor representa um aumento de 160 pontos base em relação à previsão de outubro de 2021 da IDC, que revisou os números anteriores.

Essa visão de mercado aprimorada reflete reservas e pipelines robustos de 2021 por vários grandes provedores de serviços, uma perspectiva econômica melhor (em comparação com o ciclo de previsão anterior) e impacto inflacionário no mercado de serviços, compensado ligeiramente pelo impacto negativo do conflito Ucrânia/Rússia.

O mercado de serviços das Américas deverá crescer 5,3% em 2022, um aumento de 150 pontos base em relação à previsão de outubro de 2021 (em moeda constante). Isso é atribuído a uma recuperação econômica mais rápida e ao impacto da inflação. A IDC acredita que a tendência continuará no curto prazo: as taxas de crescimento de 2022 e 2023 foram ajustadas em 150 e 100 pontos base, ou cerca de 4% de crescimento ano a ano para os próximos cinco anos.

Nos mercados de serviços de TI e de negócios e em todas as regiões, os gastos com serviços relacionados à Nuvem têm sido o principal acelerador de crescimento desde 2020. A IDC prevê que continue a crescer perto de 20% ano a ano em 2022 e entre 15% e 20% em relação ao ano anterior. os próximos três anos.

A IDC também está vendo mais provedores de serviços passando de serviços de TI e de negócios para serviços de tecnologia operacional (OT), com base nos números do novo Tracker da IDC para gastos com serviços no lado de OT (também definido pela IDC como Digital Engineering & Operational Technology Services ou DEOT). Mesmo depois de contabilizar a interrupção do lado da oferta causada pela crise Ucrânia/Rússia, ainda prevemos que os mercados de engenharia de produto e serviços de engenharia de tecnologia operacional e serviços de tecnologia operacional cresçam duas vezes mais rápido que os mercados de TI e negócios.

No geral, embora a inflação possa aumentar artificialmente o tamanho do mercado no curto prazo, isso é amplamente compensado pela instabilidade da demanda e pelo aumento dos custos trabalhistas.