Os ISPs da região Nordeste vão se reunir para debater as principais questões do segmento, como a política de banda larga do governo, regras de competição e implantação de CDNs. Promovido pela Bit Social, os Encontros Provedores Regionais terão mais uma etapa, a 31ª, que será realizada em Salvador (BA), dia 25 de abril. O evento acontece no Hotel Deville Prime Salvador, com participação gratuita para provedores de acesso à itnernet. Os convites podem ser solicitados diretamente a Camila Carvalho, pelo e-mail camila@bitsocial.org.br

Confira a programação completa: 8h30 | 9h30 – CAFÉ DE BOAS VINDAS E CREDENCIAMENTO 9h30 | 10h10 – ABERTURA Vivaldo Mendonça | Secretário da Ciência, Tecnologia e Inovação do Governo do Estado  da Bahia (Secti) – Desenvolvimento regional e empreendedorismo 10h10 | 11h20 – PAINEL 1 Banda larga e políticas públicas PALESTRANTES Pedro Lucas de Araújo | Diretor-substituto do Departamento de Banda Larga da Secretaria de Telecomunicações do MCTIC – A politica de banda larga do governo federal Milton Kashiwakura | Diretor do NIC.Br – Pontos de presença da internet no Brasil e implantação dos CDNs Representante da Abrint – Provedores regionais e a politica de competição 11h10 | 11h20 – Debate com a plateia 11h20 | 11h40 – COFFEE BREAK 11h40 | 12h50 – PALESTRAS TÉCNICAS Representante da Furukawa – Boas praticas de implantação de rede FTTx Representante de Telebras – Soluções oferecidas pela empresa 12h40 | 12h50 – Debate com a plateia 12h50 | 14h30 – ALMOÇO 14h30 | 15h40 – PAINEL 2 Parcerias e Compartilhamentos Eduardo Grizendi | Diretor de Engenharia e Operações da RNP – Possíveis parcerias com a RNP Jorge Bittar | Consultor de PPPs – A oportunidade de parcerias público-privadas Janyel Leite | Diretor da LinkaBr – Sociedade de Propósito Específico – Backbone Feira de Santana – Salvador 15h30 | 15h40 – Debate com a plateia 15h40 | 16h20 – PALESTRA ESPECIAL O impacto da Internet das Coisas nos provedores de telecomunicações Vinícius Garcia de Oliveira | Coordenador do Estudo em IoT no CPqD 16h20 –Sorteio de cursos: EaD do Inatel / Certificação FTTX da Furukawa.

 

At-A-Glance

The Opportunity

Deliver a new digital platform for building and maintaining its financial advisors’ websites. Improve usability, flexibility and mobile friendliness.

The Solution

CI&T partnered with Acquia to leverage its Acquia Cloud Site Factory tool and build a new digital platform for Commonwealth, providing a totally revamped UX and mobile friendly web portal to more than 800 financial advisors.

The Results

  • Time to market: 50% faster website development Visibility: Better SEO results
  • Scale: 750 websites being migrated to the new platform
  • Optimization: 5 team members to serve 1,900 advisors

 

The Opportunity

Commonwealth Financial Network, the nation’s largest privately held independent broker/dealer–RIA*, supports more than 1,650 independent financial advisors nationwide, providing industry leading tools, resources, and support allowing affiliated advisors to run their business their way. Among the large set of tools and services that Commonwealth provides, customizable websites are an important marketing and communication channel for their advisors, playing a key role in their businesses. Based on advisor feedback, and Commonwealth’s commitment to providing the most intuitive and efficient technology, the firm sought an overhaul of its advisor websites platform.

The Goal

The main goal was for the design and development of a more robust and totally revamped digital platform. Always looking to improve, Commonwealth is focused on having all of its tools be incredibly easy to use, flexible and powerful. For the website program, this means creating a tool that a financial advisor can feel as comfortable editing as they would a simple document, while at the same time allowing these advisors to create mobile-friendly, highly customized sites that reflect their personal brand. These sites need to promote the small business behind the scenes through effective search engine optimization, and be built on a platform that would be easy to enhance over time.

Why CI&T

Commonwealth chose CI&T based on their extensive knowledge and experience with site builder platforms, and based their shared culture of pushing the technology envelope. The new solution is now able to quickly fire up new web sites with revamped functionalities and look and feel , and with very little manual intervention or maintenance. Totally based on APIs that extend the core, Drupal based Acquia Cloud Site Factory functionalities, CI&T relied on many of its out-of-the-box features yet developing a final touch of custom code to adapt, quickly, to Commonwealth’s advanced requirements. Thanks to this architectural decision, the development effort was significantly reduced, allowing CI&T to meet the aggressive development deadlines set up for the engagement. Bottom line, the solution implemented a more modern and robust architecture and was mobile-friendly, resulting in more value to Commonwealth’s advisors and their clients and increased ease of creating and maintain the websites.

How CI&T Executed

CI&T conducted an intense discovery phase with key Commonwealth personnel, gathering the major business and technical requirements, their goals, and how the recommended platform should play an important role in the project execution, performance and time to market. Important to mention that Commonwealth’s intimate knowledge, vision and ability to lay out the roadmap were key to a successful result. By relying on its proven Enterprise Agile process , CI&T was able to deliver a totally functional MVP of the new platform in less than 3 months , including the discovery and architectural foundation, which pleased Commonwealth as they could start demonstrating the platform in accordance to their aggressive timing expectations. CI&T’s extensive knowledge of Drupal and Acquia Cloud Site Factory was key to defining and implementing a robust architecture, therefore leveraging the foundation needed for rapid development and value activation.

Results

Since the launch of the new platform, Commonwealth Financial reported many improvements over the previous solution, which helped them fulfill the major strategic goals set during its inception.

  • Boosted customer experience: enhanced functionality has helped reduce development time for a new site by 50%.
  • Enhanced analytics: mobile-friendly websites are now leveraging better SEO results.
  • 750 websites are in the process of being migrated over to the new platform. More than half of these have already been converted, with a target date of the end of 2016 for all sites.
  • Leveraging self-service, 5 employees are able to holistically serve 1900 advisors and staff to help create and maintain their sites.

About Commonwealth Financial Network

www.commonwealth.com Founded in 1979, Commonwealth Financial Network, member FINRA/SIPC, is the nation’s largest privately held independent broker/dealer–RIA, with headquarters in Waltham, Massachusetts, and San Diego, California. The firm supports more than 1,650 independent advisors nationwide in serving their clients as registered representatives, investment adviser representatives, and registered investment advisers, as well as through hybrid service models. For more information, please visit www.commonwealth.com.

About CI&T

www.ciandt.com CI&T is the digital technology agency empowering Agile Growth for the world’s biggest companies by leveraging advanced technologies including Cloud, IoT, Big Data, Machine Learning/AI, Social, Mobility. For over 20 years, CI&T has been a trusted partner in helping global businesses such as Coca-Cola, Johnson & Johnson, Walmart and Motorola build, manage, and transform the enterprise through the right combination of next generation technologies. With 2000 Digital Business Experts and Engineers in the USA, Brazil, UK, Australia, Japan, and China, CI&T is big enough to handle the needs of Fortune 100 clients while remaining agile, lean and able to move bold ideas to market fast. For more information, visit www.ciandt.com .  

ABOUT NAVITA navita.com.br/en/ Navita is specialized in solutions for Mobile Device Management (MDM), Telecom Expense Management (TEM) and Internet of Things (IoT). The company is recognized by Gartner as a Cool Vendor and the Brazilian leader and most innovating mobility company, according to Frost & Sullivan. Navita, as the global partner of Telefonica, is mentioned in the Gartner Magic Quadrant for Manage Mobility Services (MMS). THE PARTNERSHIP The partnership provides Telecom Expenses Management (TEM), Mobile Device Management(MDM), and purchase and logistics management to companies worldwide, provided by Navita to Telefonica B2B customers. This new collaboration will offer Navita´s EMM solutions to Telefonica´s multinational customers and strengthen current EMM capabilities of Telefonica Global and Specialized Mobile Services (SME) in Latin America and Europe. Therefore, Telefonica:

  • expands its services portfolio, especially created to support customers and achieve their strategic goals, through a greater control of their telecommunication services;
  • increases the mobilization of their processes by means of safe communications; and
  • strengthens the commitment to final customers with the use of innovative solutions.

EXPERTISE OVER 4 MILLION COMPANIES IN 170 COUNTRIES ARE ALREADY SERVED BY TELEFONICA. The two companies are already working together in Brazil. Currently, Navita´s services are provided to B2B customers of Telefonica Brazil (Vivo). BENEFITS TO CUSTOMERS Telefonica´s B2B customers will benefit from advanced solutions for Telecom Expenses Management (TEM) such as: expenses consulting, audit services, analysis and dispute of inconsistent invoices, manual invoice loading and a full set of customizable reports. For MDM, this will include the full management of market leading provider’s capacities. COMPANIES’ EXPECTATION “This partnership brings together Navita´s knowledge of EMM market and reinforces the leading position of Telefonica as supplier of EMM solutions, which is essential to support our customers in their digital transformation.” Hugo de los Santos, Director of Global B2B Communication Services at Telefonica Business Solutions. “We are honored to have Telefonica Business Solutions partnering with Navita worldwide. Together we are able to provide Telefonica customers a better mobility management of their companies”. Roberto Dariva, CEO of Navita. RESULTS ACHIEVED

  • 4 new multinational customers;
  • In addition to Brazil, which was already a channel, the adherence of Movistar Peru and Telefonica Spain which started selling projects in their countries.

 

Para os próximos 12 meses são esperados mais de 28 milhões de dólares em negócios, o que significa um aumento de 40% com relação à participação do Brasil IT+ no ano anterior.

O Mobile Word Congress (MWC) 2017, evento mais importante da atualidade em mobilidade, reuniu durante quatro dias as principais empresas de telecom, reguladoras, operadoras, fabricantes de equipamentos, prestadores de serviços e fornecedores de soluções de mobilidade. Foram mais de 100 mil participantes de 200 países e 2300 expositores.

Em mais uma ação do Projeto Brasil IT+, desenvolvido pela Softex em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), 16 empresas nacionais compareceram ao encontro: BWTECH, EiTV, Icaro Tech, Navita, Reddrummer, Sikur, Tokenlab, Vortigo, W5 Soluções, BRQ, Every TI, FH Cosultoria, Muxi, NEKI IT, Senior e Stefanini. Juntas elas apresentaram um diversificado portfólio voltado às necessidades e desafios de negócios em variadas indústrias e geografias. Confira aqui vídeo com algumas das soluções apresentadas pela delegação brasileira.

Em 2016, os temas realidade virtual e 5G foram destaque na MWC. Já neste ano, além do 5G, prioritário para a delegação brasileira do MCTIC, a maior feira de mobilidade do mundo deu destaque também a carros autônomos, chatbots e inteligência artificial (IA). Questões foram colocadas acerca da capacidade da IA transformar radicalmente nossa interação com o mundo e revolucionar a relação com os clientes. Nesse sentido, o futuro dos apps, como Whatsapp, foi objeto de discussão. A seguir, os tópicos mais mencionados nas redes sociais durante a MWC2017, com atenção ao (re)lançamento feito pela Nokia de seu tradicional modelo 3310 e a Internet das Coisas (IOT) com o debate das Operadoras acerca do uso de LTE-M ou NB-IoT como tecnologia dominante.

Já para a Icaro Tech, integrante da delegação brasileira, chamou atenção a atuação de empresas de Telecom como a Verizon. Em reunião organizada pela Softex, a apresentação da Verizon foi toda pautada em serviços de IOT, incluindo medidores inteligentes para utilities e agricultura de precisão. Segundo Kleber Stroeh, CEO da Icaro Tech, essa seria uma telecom se reinventando em empresa de software para fazer face às OTTs e à revolução digital na qual voz e conectividade já não geram lucros como no passado.

Ainda no domínio da Internet das Coisas, a Sigfox, que em 2016 recebeu o prêmio de melhor inovação mobile para objetos conectados, voltou à MWC sob o anúncio de seu acordo global com a Telefonica e com parceiros de seu ecossistema, como a Mobapi, startup com plataforma para coleta e tratamento de dados gerados por objetos conectados que, través de APIs customizados, dispensa linhas de códigos.

Para Gustavo Jota, gerente de produtos da Senior Sistemas que participou das reuniões organizadas pela Softex com as três empresas mencionadas acima, o futuro da IOT no Brasil necessita de regulação moderada em consonância com padrões internacionais, possibilitando que empresas nacionais possam atuar com fornecedores e parceiros internacionais, tanto em nosso mercado como no mercado global. A própria Senior, empresa especializada na oferta de software para gestão empresarial, de pessoas, logística, relacionamento com clientes e para controle de acesso, participou do MWC 2017 para avaliar tendências e aplicar as novidades no mercado de sua atuação. Além das dezenas de reuniões viabilizadas pela Softex, as empresas da delegação puderam se reunir com players relevantes como Sanofi, Kimberly Clark, Philips, HP, Kaspersky, Orange, Baidu, Alibaba, Google e Bnp Paribas. No estande do Brasil It+, Stéphane Ghenassia, Head de B2B2C Omnichannel Distribution do BNP Paribas se impressionou com o caráter inovador da solução de e-payment da brasileira Muxi.

Dessa forma, juntas, as empresas brasileiras geraram na MWC 2017 uma expectativa de mais de 28 milhões de dólares em negócios para os próximos 12 meses, o que significa um aumento de 40% com relação à participação do Brasil IT+ no mesmo evento em 2016. “O portfólio apresentado pelo Brasil estava totalmente aderente às tendências apresentadas no evento, como IoT e big data analytics. A expressiva geração de leads e de negócios refletem o fato de as empresas do Brasil IT+ estarem cada vez mais preparadas para atender a demandas globais, tanto em termos de solução quanto de imagem e modelo de negócios”, conclui Guilherme Amorim, gerente executivo da Softex.

Em atenção ao disposto no art. 20 do Estatuto Social, ficam convocados todos os Associados em dia com as obrigações sociais a reunir-se, em Assembleia Geral, na modalidade ORDINÁRIA e EXTRAORDINÁRIAdia 11/04/2017, em Brasília, DF, no MCTIC- Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações , Esplanada dos Ministérios, Bloco E, Sala dos Conselhos, às 11:30hs, se atendido o quórum disposto no parágrafo primeiro do art. 20 do Estatuto Social, ou em segunda convocação nos termos dispostos no parágrafo primeiro e segundo do art. 20 do Estatuto Social, no que couber. São considerados Associados, na forma do Art. 11 do Estatuto Social – as pessoas naturais presentes a assembleia de 03/12/1996 e os associados assim considerados nos Parágrafos desse mesmo artigo, excluindo os não participantes nas últimas três assembleias que antecederam a ocorrida em 15/09/2014, conforme deliberação aprovada naquela oportunidade. Serve esta para realizar a Assembleia Geral, visando aos associados deliberarem sobre a seguinte Ordem do Dia: ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA

  • Apreciar mensagem do Presidente do Conselho de Administração, em cumprimento ao artigo 23, XIV, XV e XVI:
    • Relatório Anual e Prestação de Contas do ano de 2016 (Art.18, II Estatuto)
    • Plano de Ação e Investimentos 2017/18 (Art. 23, XV do Estatuto);
  • Orçamento 2017 (Art. 23, XVI e 32, parágrafo primeiro do Estatuto);
  • Aprovar a recondução ou substituição de membros do Conselho Fiscal (Art 9o. Regimento e Art. 18, I e 23, III do Estatuto);
  • Outros assuntos de interesse da entidade.

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

  • Alteração Estatuto art 1º.– extinção da sede Campinas e transferência para Brasília

 

Brasília, 20 de março de 2017

Celso Pansera

Presidente do Conselho de Administração

Associação SOFTEX

No dia 15 de março a Softex – Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro – assinou termo de cooperação com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (Fapepi) durante o I Workshop Inova Piauí, evento este que lançou oficialmente o Programa de Inovação e Competitividade do Estado do Piauí. Reunindo todos os parceiros fundamentais que integram a equipe de trabalho do Inova Piauí, o evento foi realizado dentro da programação do I Congresso das Cidades, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Piauí (FIEPI). O presidente da Fapepi, Francisco Guedes, foi quem abriu os trabalhos e mediou as discussões. Ele explicou que a ideia do encontro era apresentar o que já foi construído até agora, discutir e traçar como os próximos. Além disso, o presidente ressaltou que a intenção maior do evento aberto é conhecer as demandas diretamente da sociedade e buscar soluções para as mesmas. “As instituições abraçaram a ideia do nosso projeto de Fomento a Inovação e Competitividade, diferentes órgãos do poder público estadual, da academia e do setor empresarial se articularam para tornar esse projeto possível. Esse Workshop é um momento de discussão, de aprimoramento de nossas propostas, é um marco que estabelece novas oportunidades para ampliar o desenvolvimento da Ciência Tecnologia e Inovação no Estado”, completou Francisco Guedes. A programação incluiu quatro apresentações com a participação de Fabian Appel Petrait (vice-presidente da empresa Softex Nacional), Edvar Pera Junior (Diretor Executivo Softex Campinas), Luciana Mari Tsukada (Gerente de Projetos Softex Campinas e os pesquisadores da Escola Superior de Agricultura Luiz De Queiroz da Universidade De São Paulo (Esalq/Usp), João Gomes Martines Filho e Marcello Luiz De Souza Júnior.