Funcionando como evento de fomento de negócios, os Match Days oferecidos pelo Softex Recife em parceria com outros atores do ecossistema de inovação como Porto Digital, Assespro PE/PB, Seprope e Manguezal, visam estreitar relações de startups, aproximar startups/empresas de TIC (Tecnologia da Informação e da Comunicação) das demais instituições existentes no mercado, oferecer o encontro entre startups e empresas já consolidadas, encontrar soluções inovadoras e surpreendentes para os mais diferentes setores, entre outros objetivos.

Entre 2016 e 2019, o Softex Recife realizou 82 eventos desse tipo, entre Match Day e Match Session, onde participaram 50 empresas de diferentes segmentos. Somente em 2019, 31 empresas foram atendidas, mostrando que essas realizações estão atingindo cada vez mais companhias.

Visando o grande potencial que eventos como o Match Day oferecem, firmas de grande, médio e de pequeno porte já participaram do encontro. Grupos como JCPM e Baterias Moura, por exemplo, são duas grandes empresas que procuraram encontrar soluções para problemas específicos em um dos Match Days oferecido pelo Softex Recife.

Segundo Sérgio Barreto, gerente de inovação do JCPM, a primeira vez do grupo no Match Day não poderia ser mais produtiva. “Foram três razões para estarmos aqui. É muito prático, pois qual a chance de encontrarmos e conhecermos 23 empresas de alto nível em apenas um dia? O segundo é que promovemos engajamento em torno da inovação dentro do nosso negócio, já que criamos espaço para uma conexão maior com o ecossistema e, a terceira, que é mais transformadora, é trazer, de fato, as lideranças do negócio”, explicou o executivo.

A expectativa para 2020 é de que a diversidade de segmentos continue a ser uma realidade assim como foi em 2019. Também é esperado que mais empresas pernambucanas tradicionais sejam envolvidas nesse ecossistema e que Recife seja visto como um grande centro de soluções.