Em Florianópolis, Conecta Startup Brasil dá boas-vindas aos empreendedores da região Sul

Projetos aprovados poderão receber até R$ 200 mil em aportes e equipes trabalharão para solucionar um dos 237 desafios reais mapeados pelas 50 empresas que aderiram ao Programa

Florianópolis sediou hoje (20) o evento de boas-vindas (Welcome Aboard) do Conecta Startup Brasil, o primeiro grande encontro entre as 20 startups do Sul (9 de Santa Catarina, 4 do Paraná e 6 do Rio Grande do Sul) selecionadas para o programa antes da fase inicial de Conceituação.  As catarinenses são: ED3, LotsApp, JC flux, Closin Tecnologia, SySPrevention, TechPain, SafeLive Treinamentos de Realidade Virtual, TailTechnology e Salutho.

Participaram da solenidade o Dr. Jorge Mario Campagnolo, diretor do Departamento de Tecnologias Estruturantes do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC); Diônes Lima, vice-presidente executivo da Softex e Rayanny Nunes, gerente de inovação e empreendedorismo da Softex. A programação incluiu, entre outras atividades, um breve pitch das startups e uma rodada de mentoria.

Resultado de uma ação conjunta entre o MCTIC, a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), a Softex e o parceiro executor, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), agência vinculada ao MCTIC, o Conecta Startup Brasil se destaca por apoiar startups e empreendedores em estágio inicial (early stage) localizados em todas as regiões do Brasil.

Os projetos aprovados poderão receber até R$ 200 mil em aportes. Foram selecionadas 100 equipes sendo 20 times de cada região que trabalharão para solucionar um dos 237 desafios reais mapeados pelas 50 empresas que aderiram ao Programa em agosto, entre as quais estão 3M, Grupo Boticário, Natura, Usiminas, Votorantim Cimentos, Johnson & Johnson, Fiat e BASF.

Das 1.877 equipes empreendedoras inscritas no Programa, 27,8% são do Sudeste, 26,3% do Nordeste, 19,5% do Sul, 14,4% do Norte e 12% do Centro-Oeste. Na divisão pelo maior número de inscritos, São Paulo lidera com 190, seguido pelo Rio de Janeiro (127), Santa Catarina (119), Paraná (118) e Rio Grande do Sul (111).  Considerando as áreas de atuação, nota-se uma grande representatividade de startups das áreas de Agronegócio (16%), Saúde e Bem-estar (16%) e Indústria 4.0 (15%).

Outra importante conquista do Programa envolve a capacitação de empreendedores/startups e indústrias para a atuação em projetos de inovação tecnológica por meio de plataforma de ensino a distância (EAD) que já conta com 1.192 alunos de 18 estados brasileiros e do Distrito Federal.

Para mais informações sobre o Conecta Startup Brasil acesse https://conectastartupbrasil.org.br/