A chamada tem por objetivo selecionar empresas para promover melhorias e trabalhar na manutenção da plataforma LMS do programa Brasil mais Ti

A Softex torna pública a chamada e convida os interessados a apresentarem propostas para prestação de serviços especializados em Sistemas Integrados e Plataformas de Educação a Distância (LMS – Learning Management System).

Está aberta a chamada para o processo licitatório, que será realizado na modalidade de concorrência, para seleção de propostas voltadas a contratação de empresa integradora de tecnologias educacionais, especializada em plataformas e conteúdo de aprendizagem a distância para adequação e desenvolvimento do atual portal Brasil Mais TI e do Ambiente Virtual de Aprendizagem (LMS). O portal deverá comportar aproximadamente 500 mil usuários, tendo como público alvo os jovens e   adultos.

O Brasil mais TI é uma iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e do Ministério da Educação (MEC), é um projeto inovador e dinâmico de educação a distância que atua em três pontos essenciais da formação profissional: conhecimento, capacitação e oportunidades.

Com atualmente, 278 mil usuários cadastrados e mais de 500 mil capacitações em andamento, a plataforma oferece 39 cursos voltados para o desenvolvimento de habilidades necessárias às carreiras de software e serviços de TI.

Segundo levantamento realizado pela unidade de inteligência, estudos e pesquisas da Softex, o déficit de 408 mil profissionais de TI estimado para 2022 pode significar uma perda de receita de R$ 167 bilhões entre 2010 e 2020 para o setor. Outro gargalo significativo da indústria é o domínio precário do inglês, que dificulta o recrutamento. A proposta da plataforma Brasil mais TI é contribuir para mudar esse quadro, despertar a vocação e assim estimular a entrada de novos profissionais em um setor em franco processo de crescimento e considerado estratégico para o Brasil.

A Softex, entidade gestora do Brasil mais TI, possui seis áreas, sendo uma delas a área de Educação, que tem como objetivo oferecer capacitação e desenvolvimento de profissionais e empresas. Com a finalidade estimular o crescimento do setor tecnológico no Brasil, de forma a integrar a oferta de aprendizagem às necessidades do mercado de trabalho.

As empresas interessadas em participar deste processo licitatório deverão acessar o edital e enviar as propostas até às 17h do dia 05/01/2017.

Empresas que tenham passado pelo programa Start-Up Brasil ou tenham iniciado o processo formal do Certics ou MPS.BR terão pontuação diferenciada.

O edital está publicado no site da Softex, na página de Editais e Chamadas.

 

A chamada tem por objetivo selecionar empresas para promover melhorias e trabalhar na manutenção da plataforma LMS do programa Brasil mais Ti A Softex torna pública a chamada e convida os interessados a apresentarem propostas para prestação de serviços especializados em Sistemas Integrados e Plataformas de Educação a Distância (LMS – Learning Management System). Está aberta a chamada para o processo licitatório, que será realizado na modalidade de concorrência, para seleção de propostas voltadas a contratação de empresa integradora de tecnologias educacionais, especializada em plataformas e conteúdo de aprendizagem a distância para adequação e desenvolvimento do atual portal Brasil Mais TI e do Ambiente Virtual de Aprendizagem (LMS). O portal deverá comportar aproximadamente 500 mil usuários, tendo como público alvo os jovens e   adultos. O Brasil mais TI é uma iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e do Ministério da Educação (MEC), é um projeto inovador e dinâmico de educação a distância que atua em três pontos essenciais da formação profissional: conhecimento, capacitação e oportunidades. Com atualmente, 278 mil usuários cadastrados e mais de 500 mil capacitações em andamento, a plataforma oferece 39 cursos voltados para o desenvolvimento de habilidades necessárias às carreiras de software e serviços de TI. Segundo levantamento realizado pela unidade de inteligência, estudos e pesquisas da Softex, o déficit de 408 mil profissionais de TI estimado para 2022 pode significar uma perda de receita de R$ 167 bilhões entre 2010 e 2020 para o setor. Outro gargalo significativo da indústria é o domínio precário do inglês, que dificulta o recrutamento. A proposta da plataforma Brasil mais TI é contribuir para mudar esse quadro, despertar a vocação e assim estimular a entrada de novos profissionais em um setor em franco processo de crescimento e considerado estratégico para o Brasil. A Softex, entidade gestora do Brasil mais TI, possui seis áreas, sendo uma delas a área de Educação, que tem como objetivo oferecer capacitação e desenvolvimento de profissionais e empresas. Com a finalidade estimular o crescimento do setor tecnológico no Brasil, de forma a integrar a oferta de aprendizagem às necessidades do mercado de trabalho. As empresas interessadas em participar deste processo licitatório deverão acessar o edital e enviar as propostas até às 17h do dia 05/01/2017. Empresas que tenham passado pelo programa Start-Up Brasil ou tenham iniciado o processo formal do Certics ou MPS.BR terão pontuação diferenciada. O edital está publicado no site da Softex, na página de Editais e Chamadas.  

No dia 16 de dezembro o MCTIC divulgou o resultado final da seleção de entidades para gestão do programa Brasil Mais TI.

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações divulgou na última sexta-feira (16) o resultado definitivo da seleção de organizações da sociedade civil para gestão do programa Brasil Mais TI. Ao final da fase de recursos, a proposta vencedora foi Softex.

De acordo com a comissão de avaliação, o projeto da Softex obteve nota de 8,7 pontos. Em segundo lugar ficou o projeto da Fundação de Amparo a Pesquisa e Extensão Universitária (Fapeu) com 6,2 pontos. A proposta do Instituto Xavante foi eliminada. O próximo passo é a assinatura do termo de colaboração entre o MCTIC e a entidade vencedora.

Fonte: MCTIC
goo.gl/U3vBl6

No dia 16 de dezembro o MCTIC divulgou o resultado final da seleção de entidades para gestão do programa Brasil Mais TI.

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações divulgou na última sexta-feira (16) o resultado definitivo da seleção de organizações da sociedade civil para gestão do programa Brasil Mais TI. Ao final da fase de recursos, a proposta vencedora foi Softex.

De acordo com a comissão de avaliação, o projeto da Softex obteve nota de 8,7 pontos. Em segundo lugar ficou o projeto da Fundação de Amparo a Pesquisa e Extensão Universitária (Fapeu) com 6,2 pontos. A proposta do Instituto Xavante foi eliminada. O próximo passo é a assinatura do termo de colaboração entre o MCTIC e a entidade vencedora.

Fonte: MCTIC goo.gl/U3vBl6

Com o objetivo de conectar os Institutos Federais com outras instituições, com a comunidade e a iniciativa privada, o Instituto Federal de Brasília (IFB) realizará de 3 a 7 de outubro no Campus Samambaia, em Brasília, o ConectaIF.

A agenda inclui, entre outras atividades, palestras, oficinas, mostras, workshops, mesas redondas, encontro de microempresas e exposição. A expectativa da organização é reunir mais de 20 mil pessoas.

O programa de estímulo à formação de programadores Brasil Mais TI, que tem gestão da Softex, marcará presença no evento apresentando os novos games incorporados à plataforma para a realização de Teste de Perfil e Simulação de Entrevista de Emprego.

Ana Beatriz Pires, gestora do Brasil Mais TI na Softex, participará de duas mesas redondas durante o encontro: “Entrevista de emprego – A primeira vez a gente nunca esquece” (dia 5, às 10h00) e “Abra sua Mente, o futuro já começou”(dia 6, às 15h00).

“Vivemos em um mundo em constante transformação no qual a tecnologia tem e continuará a ter um papel fundamental. O universo da programação é uma área repleta de oportunidades de trabalho. Queremos mostrar aos visitantes que o aprendizado deve ser uma constante em nossas vidas e que aprender não é uma obrigação, mas sim algo que pode ser divertido. Na mesa redonda sobre entrevista de emprego daremos dicas comportamentais e também falaremos sobre como estruturar um bom currículo e um perfil no Linkedin, entre outros temas”, antecipa Ana Beatriz Pires.

Acessado em mais de 90 países, o Brasil Mais TI é um projeto inovador desenvolvido pelo Ministério da Ciência Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), em parceria com a Softex, que atua em três pontos essenciais da formação profissional: conhecimento, capacitação e oportunidade. A plataforma disponibiliza mais de 30 cursos, inclusive de Inglês, totalizando mais de 1.500 horas de aula. Um certificado é emitido ao final da conclusão de cada um.

Com o objetivo de conectar os Institutos Federais com outras instituições, com a comunidade e a iniciativa privada, o Instituto Federal de Brasília (IFB) realizará de 3 a 7 de outubro no Campus Samambaia, em Brasília, o ConectaIF.

A agenda inclui, entre outras atividades, palestras, oficinas, mostras, workshops, mesas redondas, encontro de microempresas e exposição. A expectativa da organização é reunir mais de 20 mil pessoas.

O programa de estímulo à formação de programadores Brasil Mais TI, que tem gestão da Softex, marcará presença no evento apresentando os novos games incorporados à plataforma para a realização de Teste de Perfil e Simulação de Entrevista de Emprego.

Ana Beatriz Pires, gestora do Brasil Mais TI na Softex, participará de duas mesas redondas durante o encontro: “Entrevista de emprego – A primeira vez a gente nunca esquece” (dia 5, às 10h00) e “Abra sua Mente, o futuro já começou”(dia 6, às 15h00).

“Vivemos em um mundo em constante transformação no qual a tecnologia tem e continuará a ter um papel fundamental. O universo da programação é uma área repleta de oportunidades de trabalho. Queremos mostrar aos visitantes que o aprendizado deve ser uma constante em nossas vidas e que aprender não é uma obrigação, mas sim algo que pode ser divertido. Na mesa redonda sobre entrevista de emprego daremos dicas comportamentais e também falaremos sobre como estruturar um bom currículo e um perfil no Linkedin, entre outros temas”, antecipa Ana Beatriz Pires.

Acessado em mais de 90 países, o Brasil Mais TI é um projeto inovador desenvolvido pelo Ministério da Ciência Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), em parceria com a Softex, que atua em três pontos essenciais da formação profissional: conhecimento, capacitação e oportunidade. A plataforma disponibiliza mais de 30 cursos, inclusive de Inglês, totalizando mais de 1.500 horas de aula. Um certificado é emitido ao final da conclusão de cada um.