No período de 11 de novembro a 8 de dezembro, a Softex realizará os cursos de Introdução ao MPS para Software e de MPS para Serviços na modalidade de ensino a distância (EaD).

O curso de Introdução ao MPS-Software tem a proposta de apresentar um overview do programa MPS.BR com foco no Modelo de Referência MR-MPS-SW,desenvolvido em conformidade com as Normas Internacionais ISO/IEC 33000 e ISO/IEC 12207 e compatível com o CMMI-DEV. 

Já o curso de Introdução ao MPS-Serviços, com duração de 16 horas, tem como foco o Modelo de Referência MR-MPS-SV, desenvolvido em conformidade com as Normas Internacionais ISO/IEC 20000:2011, ISO/IEC 15504 e o modelo CMMI-SVC. É possível realizar os dois cursos simultaneamente com um investimento diferenciado.

Toda a apresentação do conteúdo, bem como o acompanhamento do cumprimento das atividades avaliativas, utilizará o ambiente virtual de aprendizagem da Softex. Desta forma, o participante poderá fazer o curso de qualquer local com acesso à Internet no horário mais conveniente.

“O objetivo do programa MPS.BR é promover a melhoria da qualidade e da produtividade de soluções, serviços de software e de recursos humanos de acordo com os padrões de qualidade aceitos internacionalmente, e a custos acessíveis às empresas nacionais, principalmente às de pequeno e médio porte. No ano passado, as avaliações do MPS.BR representaram 69% de todas as avaliações aplicadas no Brasil”, destaca Diônes Lima, vice-presidente da Softex.

Lançado há 16 anos, o MPS.BR é o único programa brasileiro de avaliações de qualidade voltado para setor de TIC. Contempla hoje três modelos de referência – software, serviços e recursos humanos – e conta com 18 instituições implementadoras. Os três modelos do MPS contabilizam um total de 864 avaliações e mais de 6.400 pessoas capacitadas.

Inscrições e informações adicionais no endereço  https://bit.ly/2NtfFqx

Com as instalações do Instituto e o aumento no seu número de colaboradores para os projetos de inovação é possível oferecer de forma eficiente soluções integradas em Tecnologia da Informação e Comunicação e Automação Industrial. O intuito é contribuir no processo de transformação digital das indústrias. Em outubro de 2019, o Sistema Fiep inaugurou um Hub de Inteligência Artificial em Londrina, por iniciativa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e do Senai Nacional. O objetivo é promover a adoção de tecnologias de inteligência artificial, como big data, machine learning e cloud computing, pelo setor industrial paranaense e brasileiro, com foco no aumento da competitividade das empresas e impulsionar o ecossistema de tecnologia de Londrina.
O êxito das tecnologias da informação e comunicação está relacionado também com as atividades de PD&I e com a capacidade de transferir o conhecimento para o mercado, buscando respostas aos desafios tecnológicos e de mercado. Atuamos em parceria com empresas e instituições nacionais e internacionais. Para dar suporte na realização de projetos de desenvolvimento de novos produtos e serviços, contamos com o apoio dos Institutos Senai de Tecnologia e Inovação, que trabalham em rede para desenvolver projetos de maneira integrada. Nosso corpo técnico é composto por pesquisadores especializados, mestres e doutores focados em solucionar as demandas da indústria.

O IST TIC atua desde 2012 na prestação de serviços de tecnologia, inovação, educação e certificação profissional. São oito laboratórios focados em atender às demandas da indústria de software manufatureira, são eles: Bureau de teste e qualidade de software; Internet das Coisas; Fábrica de Software; Automação e Redes Industriais; Eletroeletrônica; Eficiência Energética e Domótica; Metrologia e Laboratórios de Informática.

ONU lança concurso de fotografia sobre a atuação do jovem para o Desenvolvimento Rural

O Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) lançou na sexta-feira (25) o concurso de fotografia “Juventude e Desenvolvimento Rural”. Os premiados terão a oportunidade de ganhar viagem para participar da cerimônia de premiação do “Prêmio Juventude Rural Inovadora” e exibição das fotos durante o evento.

O Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) lançou na última sexta-feira, 25 de outubro, o concurso fotográfico “Juventude e Desenvolvimento Rural” para promover a participação dos jovens no desenvolvimento rural na América Latina e no Caribe.

O FIDA busca por imagens que mostrem jovens engajados em áreas rurais da região, especialmente com foco em práticas e soluções inovadoras. Selecionaremos as fotografias vencedoras com base na originalidade, criatividade e conexão com o tema. Sejam criativos(aa)!

No total, dez fotos de diferentes autores(a) serão selecionadas para serem exibidas durante a cerimônia oficial, que acontecerá em junho de 2020. Os(as) três mais bem posicionados(as) irão ganhar viagem com tudo pago para a cerimônia de premiação do Prêmio Juventude Rural Inovadora e terão a oportunidade de receber treinamento em comunicação digital.

Como participar

Participantes devem ter entre 18 e 35 anos e serem nacionais e residentes de algum país da América Latina e do Caribe.

As fotografias devem ser enviadas para premiorural@ifad.org , acompanhada da autorização do uso de imagem assinada pelo(a) candidato(a), breve descrição da fotografia (entre 5 e 10 linhas) e informações para contato do autor(a). Inscrições encerram dia 16 de dezembro de 2019.

Para mais informações e instruções completar em como participar visite Prêmio Juventude Rural Inovadora.

Clique aqui para acessar o edital do concurso de fotografia “Juventude e Desenvolvimento Rural”.

Clique aqui para acessar o termo de uso de imagem.

Mais informações premiorural@ifad.org

Contato: Juliana Grangeiro. Escritório do FIDA no Brasil, Divisão da América Latina e Caribe. Tel.: +55 61 3038 9225 E-mail: j.grangeiro @ifad.org

Em mais uma ação do Projeto Setorial Brasil IT+, desenvolvido pela Softex e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), o Brasil esteve presente pelo 15° ano consecutivo no Gartner Symposium/ITxpo, o maior e mais importante encontro anual de chief information officers (CIOs) e de líderes da indústria de TI dos Estados Unidos, realizado entre os dias 20 e 24 de outubro, em Orlando, na Flórida.

Este ano, o evento recebeu mais de 9.000 CIOs e executivos de tecnologia em busca de insights e de soluções inovadoras capazes de ajudá-los a impulsionar seus negócios.

“Além de sermos o único estande representando um país no evento, pudemos apresentar não só as tecnologias de empresas já consolidadas, como levar à frente um trabalho consistente de internacionalização de startups”, avalia Diônes Lima, vice-presidente da Softex.

Após lembrar que as startups são as grandes catalizadoras da transformação digital, Diônes comenta que o encontro permitiu a elas apresentar suas soluções para CIOs do mundo todo. “Reunimos em uma sala privada mais de 300 pessoas altamente qualificadas e interessadas em opções inovadoras e com a capacidade de acelerar esse processo em suas organizações, mostrando que o Brasil conta com empresas de alta tecnologia, preparadas para disputar mercados maduros e competitivos”, complementa o executivo.

Integraram a delegação nacional  13 empresas e 6 startups que se apresentaram sob a marca Brasil IT+, que identifica no exterior o setor de TI nacional: Digibee, EverFlow, Actminds, AMT, Apdata, Aurus, Borba&Lewis Consulting, Brisk PPM, Dextra, E-TRUST, Ilegra, InEvent, MC1, Prosperi, Rocket.Chat, Snowman Labs, Totaldocs, , Requestia Software e Resource IT. Elas realizaram ações de vendas e de relacionamento com investidores estrangeiros e acompanharam as palestras sobre tendências mundiais apresentadas pelo Gartner. 

Além do estande coletivo onde foram demostradas, entre outras,  soluções de machine learning, business analytics, IoT, open banking, compliance, segurança cibernética e mobilidade, o Brasil IT+ realizou quatro apresentações como parte da grade oficial de sessões do simpósio: process mining  (Everflow), governança e privacidade na comunicação empresarial (Rocket Chat), plataforma híbrida de integração em nuvem (Digibee) e open banking e experiência digital (Actminds + Ilegra).

“É motivo de orgulho para nós ver o Brasil exportando tecnologia de ponta, capaz de concorrer com as oferecidas pelos grandes players mundiais. Esta iniciativa é muito importante, pois contribui para nos posicionarmos cada vez mais como um país mais competitivo em âmbito global”, conclui Diônes Lima.

Desde o seu início, em 2005, o Projeto Setorial Brasil IT+ colaborou para que o volume de exportações das empresas participantes fosse ampliado em dez vezes. Ele também contribuiu para a geração de empregos especializados, agregando valor à pauta de exportação nacional.

As empresas do Brasil IT+ exportam no ano passado aproximadamente R$ 1,5 bilhão, o que representa 41% de share de toda a operação internacional de software e serviços de TI do país. Em 2018, os eventos internacionais do Projeto Brasil IT+ tiveram uma estimativa total de R$ 2,2 bilhões em geração de negócios para o período.

A Softex e o MPS comunicam as condições para inscrição no Curso de Introdução ao MPS-Software (C1-MPS-SW) via EaD, previsto para o período de 11 de novembro a 08 de dezembro de 2019.

Duração: 8 horas

O Curso de Introdução ao MPS-Software (C1-MPS-SW) via EaD será realizado na modalidade a distância (EaD), via internet, utilizando um ambiente virtual de aprendizagem, tanto para apresentação do conteúdo quanto para cumprimento das atividades avaliativas. Essa modalidade privilegia a autonomia do estudante que estabelece sua própria rotina de estudos e pode realizar o curso a qualquer hora e em qualquer local que tenha acesso à internet. Este Ambiente Virtual de Aprendizagem é gerenciado pela área de Educação da Softex.

Objetivos: Apresentar uma introdução ao programa MPS.BR, com foco no Modelo de Referência MR-MPS-SW; que é baseado na série de Normas Internacionais ISO/IEC 33000 e ISO/IEC 12207, e é compatível com o CMMI-DEV. Apresentar o Método de Avaliação MA-MPS que é baseado na série de Normas Internacionais ISO/IEC 33000.

Investimento: – R$ 835,00 (oitocentos e trinta e cinco reais) por pessoa.

 INSCREVA-SE AQUI! A Softex não emite notas fiscais: o Curso em questão, com recibo enviado, não deve ter retenção na fonte de tributos, conforme lei federal complementar 116/03, artigo 3º, inciso I a XXII. Para ler a declaração completa favor clique no link a seguir: Declaração.

A Softex e o MPS comunicam as condições para inscrição no Curso de Introdução ao MPS-Serviços (C1-MPS-SV) via EaD, previsto para o período de 11 de novembro a 08 de dezembro de 2019. 

Duração: 16 horas

O Curso de Introdução ao MPS-Serviços (C1-MPS-SV) via EaD será realizado na modalidade a distância (EaD), via internet, utilizando um ambiente virtual de aprendizagem, tanto para apresentação do conteúdo quanto para cumprimento das atividades avaliativas. Essa modalidade privilegia a autonomia do estudante que estabelece sua própria rotina de estudos e pode realizar o curso a qualquer hora e em qualquer local que tenha acesso à internet. Este Ambiente Virtual de Aprendizagem é gerenciado pela área de Educação da Softex. 

Objetivos: Apresentar e detalhar os resultados dos processos de serviços do Modelo de Referência para Melhoria de Processo de Serviços (MR-MPS-SV), publicados no Guia Geral MPS de Serviços (disponível no Portal SOFTEX http://www.softex.br/mpsbr) – que foi desenvolvida em conformidade com as Normas Internacionais ISO/IEC 20000:2011, ISO/IEC 15504 e o modelo CMMI-SVC. 

Investimento: – R$ 1.250,00 (mil duzentos e cinquenta reais) por pessoa.

 INSCREVA-SE AQUI! 

A Softex não emite notas fiscais: o Curso em questão, com recibo enviado, não deve ter retenção na fonte de tributos, conforme lei federal complementar 116/03, artigo 3º, inciso I a XXII. Para ler a declaração completa favor clique no link a seguir: Declaração.